Paranapiacaba – Trilha do Mirante

Trilha do Mirante Paranapiacaba

Paranapiacaba é uma vilazinha super charmosa bem no Alto da Serra do Mar, por isso fazer trilha como a do Mirante é sempre uma boa opção.

Ela fica no município de Santo André e foi fundada após a construção de uma estrada de ferro.

Descontos para a sua viagem!

Pela estrada ter sido construída por uma empresa inglesa, muitos funcionários foram residir na vila, que começou a ganhar a cara deles com casas feitas nos moldes em que eles conheciam. Essa era a parte baixa e tornou-se uma vila inglesa.

Já na parte alta de Paranapiacaba eram os comerciantes que construíam por ali para atender as necessidades dos ferroviários. Porém a arquitetura era bem distinta da inglesa.

Por esses motivos a cidade é um museu a céu aberto e a gente acaba se perdendo no tempo a cada passo dado.

Como chegar em Paranapiacaba de Transporte Público

Vá de metrô até a Estação do Brás (linha 03 – vermelha). Pegue o trem sentido Rio Grande da Serra (linha 10 – turquesa). Desça em Rio Grande da Serra (última estação). Saia da estação de Rio Grande da Serra e vire do lado direito. Pegue um ônibus até Paranapiacaba. Desça no ponto final.

Outra opção é pegar o Expresso Turístico a partir da Estação da Luz (linha 01 – azul). Porém, esse trajeto só é realizado aos domingos.

O embarque é feito as 08h30 e a volta as 16h30. É importante comprar esse bilhete com antecedência.

ONDE SE HOSPEDAR EM PARANAPIACABA: eu tenho um post exclusivo sobre o Camping Simplão de Tudo, onde eu conto como é a vibe de se hospedar ali na floresta.

Recomendo conhecerem, é um espaço mágico e muito acolhedor. Possui área de camping e também alguns quartos.

Booking.com

Trilha do Mirante – Paranapiacaba

Em minha primeira vez na vila, ao chegar na cidade fui direto na AMA – Associação de Monitores Ambientais e Culturais de Paranapiacaba.

Lá eles nos mostraram as diversas opções de trilhas para fazer e deram as opções viáveis para o tempo e disposição que tínhamos.

Chegamos à conclusão que a melhor escolha seria a Trilha do Mirante e deixamos nosso guia reservado.

10 cidades que você precisa conhecer em São Paulo

A contratação do guia em Paranapiacaba é necessária, sem ele não deixam acessar o terreno da trilha. Pagamos R$ 20,00 cada uma para ele.

Trilha do Mirante Paranapiacaba

A trilha começa a partir de uma guarita onde um guardinha verifica a credencial do guia e anota quantas pessoas estão em seu grupo. Depois adentramos no meio da mata.

Achei bem tranquila a caminhada que fizemos, aliás, fizemos essa escolha justamente pelo grau leve de dificuldade.

Pelo caminho passamos pela Pedra do Índio e algumas quedas d’água pequenas.

Roteiro de 1 dia em São Paulo

Enquanto caminhávamos na Trilha do Mirante, fazia sol em Paranapiacaba. Foi chegar no topo e finalmente enxergar a vista das fotos que vimos que o tempo mudou completamente.

A neblina tomou conta de tudo e o que era para ser uma vista da cidade de Cubatão, tornou-se uma visão pro abismo, sem sabermos o que havia por trás daquela neblina cabulosa.

Silent Hill Brasileira

Quando descemos da trilha as 16h00 nem acreditávamos em como o clima havia mudado completamente. Já não enxergávamos nada além dos nossos pés.

Não é a toa que a vila de Paranapiacaba tem a fama de ser a Silent Hill brasileira, viu? Mega clima de filme de terror.

Trilha do Mirante Paranapiacaba

Lendas de Paranapiacaba

Em um local com o clima tão cabuloso como é Paranapiacaba, claro que haveriam algumas lendas rondando o espaço.

Como por exemplo a do Véu da Noiva:

Contam que na vila havia um romance proibido entre o filho rico de um engenheiro e uma pobre operária, que mesmo contra tudo e todos, resolveram se casar. Porém o pai do rapaz o trancou no dia do casamento no porão de sua casa, e a moça, abandonada no altar, fugiu e atirou-se em um precipício. Seu corpo nunca foi encontrado e dizem que toda tarde ela retorna à vila procurando seu amado.

Clima em Paranapiacaba

Quando decidimos ir na primeira vez para Paranapiacaba, fomos de carro e pensamos em dormir por lá. Porém imprevistos acontecem e tivemos que voltar no mesmo dia.

Top 10 capitais brasileiras para conhecer

Como eu disse lá em cima, o clima muda de uma hora pra outra e fica surreal. O dia lindo ensolarado que fazia se tornou algo parecido com filme de terror, com muita neblina e frio.

O que acaba sendo ótimo em tempos de eventos na cidade como a Convenção das Bruxas que acontece todo mês de maio e proporciona um clima muito acertado para essa comemoração.

Porém, muita atenção na estrada, pois ela tem uma parte de terra e sem nenhuma sinalização. O que a faz mega perigosa pois não conseguimos enxergar absolutamente nada em nossa frente, estava tudo um breu, foi horrível.

Resultado: viemos para São Paulo praticamente a 10km/h com farol alto e lanternas de celulares ligadas para ajudarmos a Pri, que estava dirigindo, a enxergar o caminho e as curvas que precisava fazer.

A estrada parecia sem fim para nós que não conhecíamos o terreno.

Por isso, atenção redobrada ao voltar dirigindo a noite de Paranapiacaba.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar...

4 Comments

  1. […] minha primeira visita à Paranapiacaba tive vontade de voltar para acampar no Simplão de Tudo, o camping da Cris, que é uma figura muito […]

  2. […] contei aqui no blog um pouco sobre esse destino tão pertinho de São Paulo que é uma delícia de […]

  3. Paranapiacaba tem um cenário bem interessante mesmo né, quando eu fiz uma trilha por lá o tempo ficou exatamente assim. Um medo hahaha.

    1. Nossa, me assustei demais na primeira vez que fui, mas depois passando um final de semana todo lá, foi interessante a experiência rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!