Principais pontos turísticos de Nova York

principais pontos turisticos de nova york

Separamos nesse post os principais pontos turísticos da cidade de Nova York que geralmente são imperdíveis para todos que vão pela primeira vez à cidade.

Abaixo você encontra algumas curiosidades e todos os principais locais para visitar.

Nova York fora do óbvio

Nova York contém vários ícones mundialmente famosos que vão desde os táxis amarelos até o tal do Tio Sam.

Você sabe qual a origem de tudo isso? Nesse post também vou contar à vocês algumas curiosidades sobre esse lugar que embora não esteja do nosso lado, está muito presente em nossas vidas, principalmente ao assistirmos um filme.

Seguros Promo

Algumas curiosidades sobre Nova York

Big Apple:

Você sabe a origem desse termo? Em meados dos anos 20, a palavra Apple era muito utilizada em corridas de cavalos pois os prêmios que eram entregues nesses eventos eram chamados de maçãs – “Uma grande maçã para cada cavalo”.

O redator do New York Morning Telegraph, John J. Fitzgerald referia-se à essas corridas como “Around the Big Apple” (Em torno da Grande Maçã) em sua coluna.

Dizem que ele ouviu essa expressão de jockeys da cidade de New Orleans que tentavam entrar para as corridas de Nova York e referiam-se à essa cidade como um lugar especial, “The Big Apple” (A Grande Maçã).

No início dos anos 30 eram os cantores de jazz que chamavam Nova York de Big Apple pois havia um ditado no meio artístico na época que dizia “There are many apples on the tree, but only one Big Apple” (Há muitas maçãs em uma árvore, mas apenas uma Grande Maçã).

E assim na década de 70 começaram a oficialmente chamar a cidade de Big Apple para atrair os turistas e esse termo perdura até os dias de hoje.

Inclusive você pode visitar a esquina da 54th & Broadway, que hoje é conhecida como Big Apple Corner em homenagem a Fitzgerald, pois foi ali que ele viveu durante 30 anos.

De fato, existem várias teorias de como esse termo começou a ser utilizado, mas essas foram as mais sólidas que encontrei.

Como tirar o visto americano e passar pela alfândega

Tio Sam:

Dizem que Uncle Sam foi uma criação de soldados americanos que recebiam barris de carnes em caixas com as iniciais U.S., que seria United States, mas esses soldados brincavam dizendo que na verdade eram as iniciais de Samuel Wilson, dono da companhia das carnes enlatadas, ou seja U. S = Uncle Sam.

Assim o Tio Sam foi criado e em 1870 um cartunista resolveu dar cara à essa ideia, pegando como referência traços de Abraham Lincoln, presidente que tinham como herói nacional, utilizando a feição de um senhor de mais idade com cabelos brancos, cartola e vestes nas cores da bandeira americana.

Roteiro de 1 dia na Filadélfia

Em 1917 para lutar na Primeira Guerra Mundial, começaram a utilizar a imagem do Uncle Sam para recrutar novos rapazes às forças armadas do país, com esse retrato que conhecemos bem hoje com um dedo apontando pra gente e a frase I Want You.

Táxi Amarelo:

Essa ideia surgiu de John Hertz que leu que a cor amarela com um pouco da cor vermelha chamava atenção de muito longe, pintando toda sua frota de carros dessa cor.

Tempos depois, Nova York adotou a cor amarela como a oficial de todos os táxis que continham taxímetro.

Áreas de Nova York:

The Bronx, Queens, Brooklyn, Staten Island e Manhattan, sendo Brooklyn e Manhattan a zona mais turística.

Fuso horário:

Se estiver no horário de verão a diferença será de -3 ou -2 horas do horário de Brasília, caso contrário será de apenas -1 hora.

Como é ser Au Pair nos Estados Unidos

Moeda e língua oficial:

Dólar americano e inglês (mas você encontra muitas pessoas falando espanhol também), como é um lugar muito turístico acaba tendo uma mistura de línguas.

Gorjetas:

Nos Estados Unidos eles tem o cultura de dar gorjetas quando utilizam algum serviço e ela varia de 15 a 25% em alguns casos. Na dúvida calcule entre 18 e 20%.

Veja os principais pontos turísticos de Nova York

Central Park:

Independente da época do ano que você viajar para Nova York, não deixe de passar no Central Park, que fica diferente e lindo em todas as estações. Ele fica bem no meio da cidade, super fácil de chegar.

Qual a melhor época para visitar Nova York

No inverno você pode aproveitar uma experiência bem nova iorquina e patinar no Wollman Rink, uma pista aberta todos os dias com entrada de US$ 19,00 mais o aluguel do patins de US$ 9,00 aos finais de semana.

Já no verão a paisagem verde torna o lugar mais alegre e com mais vida. Uma atividade super romântica pelo Central Park nessa época é o passeio de barco a remo.

Com certeza é uma experiência diferente, fora que esse passeio já foi incluso em vários filmes, principalmente as comédias românticas.

Os alugueis de barcos estão disponíveis de abril a outubro, todos os dias, das 10h00 até o pôr do sol e o custo é de US$ 15,00 a hora.

No verão o parque também recebe muitos festivais musicais e fica repleto de pessoas praticando exercício físico, tomando sol ou até mesmo fazendo piqueniques.

principais pontos turisticos de nova york

Lá é bem extenso e repleto de atrações, sendo necessário reservar, pelo menos, uma tarde inteira para explorá-lo.

Alguns pontos interessantes para se visitar são: Strawberry Fields, Bethesda Terrace, Central Zoo, Wollman Rink, Great Lawn e a Estátua da Alice do País das Maravilhas.

principais pontos turisticos de nova york

Estátua da Liberdade e Ellis Island:

Você pode chegar até ela através de um passeio de barco que parte do Battery Park.

Junto ao passeio até a estátua, vá para o Ellis Island, uma ilha com um museu que conta a história dos imigrantes e ainda possui uma vista incrível para Manhattan, mas para isso chegue cedo pois depois de certo tempo eles limitam o acesso.

Como se locomover por Nova York

Recomendado comprar ingresso pela internet.

É um passeio para ser feito com calma, por isso reserve umas 4 ou 5 horas do seu dia. Tome cuidado caso decida comprar o ingresso na hora, pois existem vários danadinhos querendo vender passeios mais caros e que nem ao menos desembarcam na ilha.

Já na Liberty Island, caso tenha muito interesse, pode subir na coroa, mas precisará gastar mais dinheiro para isso e reservar com antecedência.

Por lá você ainda pode visitar o Museu da Estátua da Liberdade, que o blog Let’s Fly Away conta os detalhes.

Para aqueles que não fazem tanta questão de conhecer a ilha ou precisam economizar, há a possibilidade de fazer um tour grátis que passa perto da Estátua da Liberdade (mas não para na ilha).

É só pegar a balsa gratuita que sai do Whitehall Terminal em direção à Staten Island (ela fica perto do Battery Park).

Essa é uma alternativa para quem realmente precisa economizar, mas lembre-se de que você apenas verá a Estátua da Liberdade da balsa.

Times Square:

onde ficar em nova york
Rapha @duasmalasviajantes, lindona posando na Times Square

A Broadway com a Sétima Avenida é mundialmente conhecida como Times Square e mesmo que você não curta muita muvuca, vale a pena passar por lá pelo menos uma vez em sua viagem só para sentir o ambiente.

Afinal é outra sensação a de estar ali comparada com ver em filmes e seriados. Um ótimo ponto para render boas fotos é subir na escadaria da TKTM.

Onde ficar em Nova York – dicas de hospedagem

Passear por ali durante a noite é bem diferente, afinal com tanto outdoor e luzes, parece que ainda é dia. Aqui você encontrará vários personagens e talvez fique tentado a tirar fotos com eles, por exemplo o Naked Cowboy, mas saiba que nada é de graça e você deve pagar uma gorjeta à eles.

Empire State Building:

Chegue cedo para evitar filas. O prédio de 102 andares é icônico e está sempre lotado.

São dois mirantes que você pode visitar, o do 86º andar e o do 102º.

Para acessar somente o primeiro custa US$ 36,00 e para o segundo precisará pagar mais US$ 20,00, lembrando que ele faz parte do New York Pass.

Top of the Rock:

Acho que a vista daqui é ainda mais bonita do que a do Empire State, afinal do Top of the Rock podemos ter uma panorâmica que inclui o Empire State no campo de visão, além do Central Park, Brooklyn Bridge e Estátua da Liberdade.

Vida noturna em Nova York

Vale a pena ir em um dia ensolarado para não pegar uma vista frustante de dias nublados, e principalmente vá para o pôr do sol e fique para ver as luzes da cidade durante a noite.

Está localizado em Midtown no 70º andar do edifício Rockefeller Center.

Para subir no observatório paga-se uma taxa de US$ 38,00 e a reserva pode ser feita através do site para evitar as gigantescas filas que se formam.

Ele abre todos os dias das 08h à 00h (sendo o último elevador às 23h). Com o New York Pass você consegue furar fila nessa atração.

Grand Central Terminal:

Considerada uma das maiores estações do mundo, continua funcionando e tem uma circulação de quase 1 milhão de pessoas diariamente.

É uma estação super bonita, e uma queridinha de gravações de filmes e seriados que merece a visita e está bem perto da Times Square.

Brooklyn Bridge:

Um dos pontos turísticos mais importantes de Nova York. Essa ponte liga o bairro do Brooklyn à ilha de Manhattan e fica em cima do East River.

Além do acesso para carros, possui um calçadão para os pedestres cruzarem a ponte a pé ou até mesmo de bicicleta.

Onde comer em Nova York

A extensão da ponte é de 2 km e recomendo ir até o seu fim, pois do outro lado há um parque super legal. Se puder, atravesse-a no fim da tarde, o pôr do sol dará um toque especial para essa atração.

principais pontos turisticos de nova york

Brooklyn Bridge Park:

Aproveite a ida à ponte do Brooklyn e reserve um tempinho para visitar esse parque.

Ele proporciona uma vista charmosa dos arranha-céus de Manhattan e das pontes do Brooklyn e de Williamsburg.

principais pontos turisticos de nova york

No verão o parque é bem movimentado e bastante utilizado para caminhadas, piqueniques, aulas de yoga, além de ter um carrossel e alguns restaurantes no píer.

Quinta Avenida:

Acredito que uma hora ou outra (ou várias) em sua viagem, você acabará passando por essa rua.

Como planejar a primeira viagem à Disney

Ela divide Manhattan em leste e oeste e tem em sua extensão inúmeras lojas de grifes (e outras mais populares também), museus, prédios comerciais, etc.

No Natal ela fica muito enfeitada.

Ground Zero + 9/11 Memorial Museum:

Aqui é o lugar onde ficavam as torres gêmeas atacadas em 11 de setembro de 2001 e conta com um memorial com o nome de todas as vítimas.

O Memorial Museum custa US$ 24,00 e precisa agendar horário de visitação antecipado.

Museu de História Natural:

principais pontos turisticos de nova york

Não tem um preço fixo, apenas sugerido, mas algumas partes ficam restritas apenas à quem comprou os ingressos para essas áreas.

Aqui você vai encontrar muito esqueleto de dinossauro e pedras preciosas.

O que fazer na Carolina do Norte

Ali também fica o Rose Center for Earth and Space onde fica o planetário Hayden.

MET – Metropolitan Museum of Art:

Esse é um dos museus mais importantes de Nova York, com obras que vão desde egípcias até a arte medieval, logo tem muita chance de você gostar de seu conteúdo.

Além do mais, o museu conta com um rooftop com uma vista bem legal também. Aqui o preço não é fixo, você paga quanto acha que vale, mas tem um valor sugerido que seria de US$ 25,00.

Wall Street:

O mercado financeiro de Nova York e as maiores empresas ficam aqui.

Tem o famoso Touro da Wall Street que as pessoas tiram fotos super engraçadas, pois diz a lenda que se passarem as mãos nos testículos e chifres dele, a pessoa terá sorte na vida profissional.

One World Observatory:

No lugar das torres gêmeas foi construído um outro edifício chamado One World Trade Center e atualmente é considerado o edifício mais alto do ocidente.

Em seu 102º andar possui um observatório com uma vista incrível de Manhattan que nos faz perder o tempo apreciando-a.

Chinatown:

Fica ao lado da Little Italy, um pedaço da China em Nova York e para quem curte esse tipo de comida, vai se deliciar.

Ela cresceu tanto que está tomando conta até da Little Italy.

Fica em Downtown, então pode combinar com o passeio ao Memorial do 11 de Setembro, One World Observatory e Wall Street.

Conheça Ginnie Springs, na Flórida

Williamsburg:

Nova York fora do óbvio

O Brooklyn é o contraste das ruas glamourosas e caóticas de Manhattan, sendo um bairro com uma vibe mais alternativa, com opções de bares e restaurantes descolados, lojas e artes de rua.

Apesar de residencial, tem a área de Williamsburg que é bem badalada e merece uma visita.

DUMBO:

Uma região super charmosa e que apesar de estar fora do circuito turístico mais visitado, vem se tornando tendência na cidade, pois proporciona uma vista espetacular dela.

A sigla D.U.M.B.O significa “Down Under Manhattan Bridge Overpass” porque é uma região que fica embaixo da Manhattan Bridge.

Descontos para viajar!

A mistura do antigo com o contemporâneo que as ruas proporcionam vale muito a pena de conhecer, além de poder ver Manhattan de um novo ângulo.

Little Italy:

Se bater uma vontade de comer massa, tomar um gelato ou sentir-se mais perto da cultura italiana, não deixe de visitar o Little Italy, um pedacinho da Itália super fofo localizado na parte baixa de Manhattan.

A rua principal é a Mulberry e está repleta de lojinhas, restaurantes e bares.

principais pontos turisticos de nova york

MoMA – Museu de Arte Moderna de Nova York:

No meio de obras permanentes de artistas como Picasso, Monet, Dalí e Frida Kahlo e outras obras temporárias, o que chama a atenção da grande massa turística que visita esse museu é a obra “A Noite Estrelada”, de Van Gogh.

Custa US$ 25,00 e as sextas-feiras das 16h as 20h a entrada é gratuita.

Rockefeller Center:

Centro empresarial que durante o inverno conta com uma pista de patinação bem legal, além da árvore de Natal super famosa.

É lá que você vai encontrar o edifício Top of The Rock, além de restaurantes e lojas.

Existe um tour feito pelos próprios nova-iorquinos de forma voluntária que te levam para vários bairros e mostram costumes. Para saber mais você pode entrar no site deles Big Apple Greeter.

Outros tours onde você paga o quanto acha que vale é o Free Tours by Foot.

São boas opções para conhecer a cidade, só lembre-se de que são em inglês.

Roteiro de viagem de filmes em Nova York, 10 lugares imperdíveis – pelo blog Let’s Fly Away.

Não esqueça do Seguro Viagem para os Estados Unidos!

Seguros Promo

O seguro viagem é aquele gasto que a gente tem, torcendo para que nunca precise utilizar esse serviço.

A verdade é que podemos passar anos viajando e nunca acontecer nenhuma fatalidade, mas quando menos esperamos, pode acontecer! E a realidade é que não queremos esperar acontecer pra se arrepender de não ter contratado o seguro né?

Podemos ficar doentes durante a viagem, precisar fazer alguma cirurgia às pressas, podemos sofrer algum acidente, nossas bagagens podem ser extraviadas, e tantos outros problemas que torcemos para passar longe da gente.

Mas e se acontecer? Pelo menos você estará assegurado.

Alguns te oferecem assistência médica e seguro em caso de morte acidental, outros além disso oferecem coberturas para cancelamento de viagem, extravio de bagagem, medicamentos, assistência odontológica, repatriação, assistência jurídica e muito mais.

Ainda mais nos Estados Unidos, onde as despesas médicas são caríssimas, pois não há sistema público de saúde! Não dá pra bobear mesmo.

Contratando um bom seguro você terá o pagamento das suas despesas através da seguradora ou de um reembolso, para isso é de suma importância solicitar o relatório médico da internação e/ou atendimento. É importante guardar todas as faturas que forem geradas durante os atendimentos médicos hospitalares na viagem.

No site da Seguros Promo (clicando você garante 5% de desconto com o cupom ALEMDACURVA5) você consegue comparar até 4 planos de diferentes seguradoras com os preços e coberturas do mercado. Empresas com atendimento em português 24 horas por dia, com número de chamada gratuito e aceitação de chamada a cobrar do exterior.

É necessário analisar com calma, pois os preços podem variar muito. Uma consulta médica pode custar US$ 200,00, uma infecção US$ 8.000,00 e uma cirurgia US$ 30.000,00.

Em caso de emergência, entre em contato com a sua seguradora com o número da apólice em mãos.

Se você for gestante ou for praticar esportes, também há opções para te acolher e fazer com que sua viagem seja a mais confortável possível.

Chip de Viagem Internacional para os Estados Unidos!

Viaje Conectado

Um chip de viagem faz toda diferença nessa era digital. Poder estar conectado o tempo todo sem depender do Wi-fi dos locais públicos e hoteis é algo que muitos de nós queremos.

Subir aquele stories no Instagram, fazer uma postagem com uma foto linda, tuitar sobre algum causo da viagem, fazer chamada de vídeo com a família que ficou no Brasil, tudo isso requer uma internet boa e estável.

Na Viaje Conectado você pode analisar os planos que estão funcionando para o país a ser visitado e adquirir o que mais se encaixa com a viagem que irá fazer.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar...

2 Comments

  1. […] visitar as atrações turísticas de Nova York, uma ótima opção é comprar algum passe turístico, provavelmente você irá economizar muito […]

  2. […] Se quiser ver as atrações mais populares e mesclar seu roteiro com um pouco de cada, acesse esse nosso post. Bom, vamos para algumas dicas que fogem do óbvio em Nova York. Se você conhecer mais alguma, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!