O que fazer em Cartagena, na Colômbia

O que fazer em Cartagena

Cartagena já entrou para a lista das minhas cidades preferidas, me apaixonei por seu colorido, a energia emanada ali é alegre demais e nesse post gostaria de contar para você o que fazer nesse destino que está muito requisitado.

Também gostei muito da diversidade gastronômica que a cidade oferece não apenas em opções típicas mas culinária de diversas localidades do mundo.

Há sempre algo para conhecer, tem muita arte e entretenimento envolvido, além das praias. Diferente de San Andres, aqui tem um centro histórico bem preservado e turístico, muitas opções de restaurantes, em uma pegada muito mais cultural. Em se tratando de cidade, a de Cartagena foi a que mais gostei nessa viagem pela Colômbia. Aliás, o país é exatamente como eu pensava, as pessoas são gentis, a comida é deliciosa e ouvimos reggaeton por toda parte.

Como chegar

Eu estava em Bogotá e a forma mais recomendada para chegar em Cartagena é o avião. O voo dura 01 hora e paguei R$ 200,00. Dá para ir de ônibus também, porém todos que encontrei disseram ser perigoso, além da viagem durar em torno de 15 horas.

Acredito que Cartagena mereça entre 03 a 04 dias de estadia.

LEIA MAIS:
O que fazer em San Andres
O que fazer em Medellin e Guatapé

Onde se hospedar em Cartagena

El Viajero Hostels Cartagena: já havia visto muitas recomendações boas desse hostel pela internet afora. Pelo que observei, o pessoal do atendimento foi super educado e gentil com todos que estavam por ali. A energia das pessoas que trabalham por lá contagiam os hóspedes, foi incrível. Todo mundo ficava super animado e eu me sentia em uma festa todos os dias, recomendo muito para viajantes e mochileiros que queiram conhecer pessoas novas e que curtam uma badalação. A área comum é ótima para tomar um sol e socializar.

O que fazer em Cartagena

Ele está localizado no centro histórico, na cidade amuralhada onde tudo acontece, tornando a locomoção mais fácil para os atrativos turísticos e passeios para as praias.

É um hostel que facilita a comunicação e interação entre os próprios hóspedes por estarmos todos no mesmo andar. As programações de lá são bem legais e contam com aulas de salsa e música ao vivo no próprio hostel. Adorei demais isso, eu sempre falo que quero fazer aulas de dança e ter no hostel essa opção me deixou mais animada para quando voltasse pra casa me matricular em alguma aula. No bar os drinks que tomei custavam em média US$ 15.00. Além disso, eles oferecem tours para praias como Isla del Rosario e Playa Blanca.

Oferecem um café da manhã bem simples, mas grátis, que contém: café, suco, fruta, pão e queijo. Fiquei em um quarto misto, ele é simples mas a cama era confortável.

Os banheiros eram compartilhados, sendo a parte do chuveiro unissex. Uma parte imprescindível para mim e que o hostel atendeu com qualidade foi a limpeza, ela era boa. No quarto ainda tinha tomadas para carregar eletrônicos, cofres para guardarmos nossos pertences e ar condicionado (vai por mim, em Cartagena isso é mais do que necessário).

Possui quartos privativos com banheiro privado e também quartos privativos com banheiro compartilhado, além de quartos compartilhados que variam de 6, 8, 10 e 12 pessoas e possui um quarto apenas feminino.

Em suma, acredito que valeu a pena sim ter ficado no hostel El Viajero de Cartagena e sugiro que faça sua reserva com muita antecedência. Fui em ago/18 e uma seguidora no Instagram comentou que estava tentando reservar para fev/19 e já estava dando esgotado. É um hostel muito popular, que tem muita procura, logo fiquem espertos!

O que fazer em Cartagena

  • Andar pelo centro histórico e principalmente o bairro de Getsemaní que conta com bastante restaurante e barzinhos. Cada esquina tem uma casa mais fofa que a outra.
  • Tirar fotos com as Palenqueiras na Praça do Relógio. Elas cobram 10 mil cops e te dão um prato de frutas para comer depois. São chamadas assim pois são de uma colônia africana chamada Palanque que fica a 03 horas de Cartagena.O que fazer em Cartagena
  • Praia Boca Grande: se você vai esperando ver uma praia com a cor do mar do caribe, irá se decepcionar. A areia e água são escuras e uma coisa que me desagradou pessoalmente foi a intromissão dos ambulantes, que eram muito abusivos. Nessa praia o ponto positivo, em minha opinião, é que as grandes redes hoteleiras ficam em seu entorno.
  • Playa Blanca: essa praia eu já amei. Foi um passeio feito pelo El Viajero Hostels para ficarmos o dia todo na praia. Custou 50 mil cops ida e volta com direito a um almoço típico (arroz de coco, patacon, salada e peixe).O que fazer em Cartagena
  • Isla do Rosario: eu não cheguei a fazer esse passeio, mas deixo a dica aqui para vocês não perderem.

Onde comer, beber e sair para dançar

  • Eivissa: um rooftop muito legal com música eletrônica e um piso com reggaeton e hip hop. Peguei uma pulseira no El Viajero Hostel e a entrada era grátis até 00h30.
  • Alquimico: decoração bem bacana com DJ e drinks em torno de 22 mil cops.
  • Cafe del Mar: lugar imperdível, com música ambiente, pôr do sol espetacular e drinks em torno de 27 mil cops.
  • Almoço no Totopo: menu do dia por 23 mil cops – peixe, arroz de coco, salada e platanos + suco de maracujá. Comida simples mas muito bem temperada.
  • En El Parque: pizza tradicional da cidade, masa super fina e muito gostosa. Gastei 28 mil cops.
  • Comer arepa na rua com ovo e carne – 2 mil cops.

Para saber mais dicas sobre o que fazer em Cartagena, recomendo o post do blog Viagens Merecidas.

 

* O El Viajero Hostels nos forneceu hospedagem como cortesia nessa viagem. Por favor, veja a política do blog para mais informações.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

 

Você pode gostar

2 Comentários

  1. Da Colômbia conhecemos Bogotá e San Andrés que na verdade fica no Caribe mas pertence ao país e Cartagena está nos nossos planos para quando voltarmos ao país. Adorei suas dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *