Mulheres que viajam sozinhas: conheça o projeto #PassagemPraUma

mulheres que viajam sozinhas

Mulheres se reúnem desde que o mundo é o mundo, para se fortalecer, para se ajudar, para aprender, para compartilhar. Nesse momento, 13 mulheres que viajam sozinhas, eu inclusa, decidiram criar o projeto no Instagram “Passagem Pra Uma”.

Em suas postagens, divididas quinzenalmente, sempre aos domingos, elencam um tema sobre o ato de viajar sozinha e contam suas experiências, dão suas dicas e pontos de vista.

Como foi viajar sozinha pelo Pará

O interessante é que por serem 13 mulheres que detém qualidades e histórias de vida diferentes, mesmo um ato que é geral como o do viajar sozinha, se torna único de acordo com o mundo que cada uma enxerga.

Viajar sozinha pelo Pará

Com esse projeto você pode olhar para o mesmo assunto a partir de óticas diferentes, de mulheres que viajaram sozinhas mas não passaram exatamente pela mesma situação.

Vale muito a pena acompanhar!

As postagens são pelo Instagram e além de acompanhar direto no perfil de cada uma das participantes, você pode seguir a hashtag #PassagemPraUma. Aliás, sinta-se bem-vinda a adicionar fotos e utilizar a hashtag. Vamos adorar ver o que vocês tem a dizer.

Segue abaixo o Instagram e blog de cada participante:

Amanda@asviagensdetrintim
Ana Luna@livreembarque
Diana@dianaviaja
Fernanda@precisoviajar
Fernanda@taindopraonde
Jordana@joviajou
Juliana@blogalemdacurva
Mariana@marianaviaja
Olivia@oliviagarimpandoporai
Pamela@roletdapam
Paula@nomundodapaula
Renata@revivendoviagens
Thais@mulheres.viajantes

Mulheres que viajam sozinhas!

É importante que sigamos e acompanhemos mulheres que nos inspiram a sermos nós mesmas, não infelizmente sem o medo, mas que nos adicionam coragem para viajarmos sozinhas, cozinharmos sozinhas, irmos ao cinema sozinhas, a morarmos sozinhas, a sermos inteiras, mesmo se estivermos só!

Viajar sozinha pelo Pará

Sabemos bem que colocarmos nossos corpos para seguir numa viagem sozinha não é fácil, pois sabemos como somos vistas, como acham que deveríamos nos portar. Parece loucura pra muita gente, ainda hoje, que sejamos donas de nossas vontades.

Descontos para sua viagem!

Por isso bato na tecla de que uma pluralidade de mulheres diferentes se unindo é importante, porque cada uma vai nos inspirar em uma área dentro da gente que às vezes só enxergando uma outra mana fazendo, é que nos lembra que também podemos fazer, exercer, ser.

Cada vez que uma mulher faz algo para si e consigo mesma, ela aciona todas as outras.

Espero que se inspirem e nos inspirem! Juntas vamos até sozinhas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!