O que fazer em Gramado e Canela

o que fazer em gramado e canela

A Serra Gaúcha é encantadora, tem tantas atrações para todos os tipos de gosto que fica até difícil fazer tudo que gostaria em apenas uma viagem. Até tentei separar um post para cada cidade, mas as opções de lazer e o que fazer em Gramado e Canela acabam se confundindo, e será impossível você visitar apenas uma das cidades.

Como chegar em Gramado ou Canela

Como vocês devem saber, eu não dirijo, logo preciso sempre buscar alternativas à falta de carro. Assim, a Brocker Turismo me convidou para conhecer seus serviços, incluindo o transfer de ida do aeroporto de Porto Alegre para meu hotel em Canela e de volta do meu hotel em Gramado.

Cheguei no aeroporto e haviam dois funcionários da Brocker aguardando no desembarque. Confirmaram meus dados e pediram para que eu aguardasse em um local do aeroporto, junto com outros clientes, pois o ônibus sairia dali 20 minutos.

Exatos vinte minutos esperando, um outro funcionário nos chamou e encaminhou para o lugar de embarque no ônibus que nos levaria até nossos hoteis. Saímos as 14h30 do aeroporto, chegando em Gramado às 16h15.

A viagem foi super tranquila, deixaram primeiro os hóspedes que estariam em Gramado e seguimos para as hospedagens de Canela, onde eu fiquei hospedada na Pousada Encantos da Terra.

Para voltar, demos o horário de nosso voo e eles calcularam mais ou menos 05 horas de antecedência para pegar os hóspedes, dando assim, tempo de embarcar e pegar o avião com tranquilidade.

Marcaram comigo 15h10 e exatamente nesse horário, agora com uma van, o motorista estava no Hotel Wood em Gramado onde eu estava finalizando meus dias na serra gaúcha.

Eles enviaram, também, um SMS em meu celular e de minha irmã, assim como mensagem no hotel no dia anterior para me relembrar e não ter nenhum problema. Achei uma preocupação muito boa de se ter com o cliente.

A Brocker Turismo possui, para quem quiser um atendimento VIP, transfer privativo em carros. Para saber todos os valores, veja no site da Brocker Turismo. Eu recomendo o serviço deles, achei mega pontual e cuidado.

Onde se hospedar: Gramado ou Canela?

Tem opção para todos os gostos, disso não tenho dúvida.

Para ajudá-los a escolher, visitei duas hospedagens, uma em Canela, a Pousada Encantos da Terra e outra em Gramado, o Hotel Wood Casa da Montanha.

Gostei muito dos dois, embora tenham conceitos diferentes. Não achei que ficar em Canela foi “pior”, pois, como contarei abaixo, utilizei do Bustour, que passa tanto em Gramado como em Canela, facilitando e muito minha locomoção.

Aliás, Canela conta com muita opção boa para comer a noite, fiquei com água na boca por não poder visitar todos os restaurantes que eu gostaria rs. Já se hospedar em Gramado te deixa perto de mais burburinho e, se você gostar de andar, conseguirá fazer vários passeios a pé.

Você pode ver a matéria que eu fiz sobre a Pousada Encantos da Terra, em Canela, aqui. E, também, deixo a matéria sobre o Hotel Wood em Gramado. Faça sua escolha baseado no que te agrada mais e cabe em seu orçamento, eu recomendo de olhos fechados os dois.

Se quiser procurar uma opção ainda mais barata em Gramado, sugiro o post sobre o Gramado Hostel do blog Dois Viajando.

Onde comer em Gramado e Canela

Não tem como pensar em Gramado e Canela, e não associar automaticamente à comida. E com certeza você encontrará opções para todos os gostos e bolsos. Tive experiências diferentes por lá e conto um pouco delas aqui pra vocês.

  • Chá da tarde no restaurante Ritta Hoppner: fui convidada a conhecer esse chá que inicia-se as 16h30 no restaurante do hotel em Gramado. Ele é uma cortesia para seus hóspedes, mas também abre ao público pelo preço de R$ 52,00 precisando fazer a reserva com antecedência.
    Tudo é de extremo bom gosto, começando pelo restaurante que é lindo até o serviço dos garçons que estão sempre passando para repor o que precisar.

     

    Eles nos servem em um suporte provençal de três andares salgados e docinhos, que sempre se renovam a cada dia. Oferecem, também, waffles e apfelstrudel. Já nos líquidos, são servidos chás (o de pêssego estava divino), café, leite, chocolate e sucos.

    Tudo uma delícia e você come até estar satisfeito. Vale a pena também conhecer mais do hotel, com donos influentes na cidade. Ele é gigante, possui quartos tipo apartamento até chalés com piscina dentro. Uma estrutura realmente impecável.

  • Empório Canela: esse restaurante, meio bar, foi indicação da dona da Pousada Encantos da Terra em Canela, ali funciona também uma livraria e o ambiente é muito fofo. Pedimos um bife a milanesa com molho de queijo que estava perfeito, uma porção com 08 mini pasteis de queijo bem derretido, 01 pepsi e 01 limonada suíça, a conta deu R$ 92,00.
  • Chez Lys Blanc: em ossa primeira noite em Canela queríamos muito ter a experiência do fondue da região e escolhemos esse restaurante que estava super bem avaliado na internet. Ele é lindo e fino, bem fora da nossa realidade e foi algo atípico, mas como tínhamos muito esse desejo, nos rendemos ao luxo.

    Pedimos a sequência de fondue que vem na primeira parte acompanhamentos para o fondue de queijo, depois carnes com molhos diversos e, por último, acompanhamentos para dois tipos de fondue de chocolate, pedi um vinho, uma água e 02 cocas, custando, no total, R$ 275,00. Foi uma delícia e uma experiência para termos uma vez na vida. Tudo incrivelmente bom.o que fazer em gramado e canela

  • McDonalds: esse não preciso dizer sobre a comida né? rs Só estou colocando aqui para mostrar que existe essa opção para comer em Gramado.
  • Royal Trudel: esse doce faz o maior sucesso e você pode concluir isso quando chegar na loja de Gramado, onde a fila estará gigante e terá que esperar um tempo até ser atendido. É um doce romeno, com uma massa assada com açúcar e canela, podendo escolher vários tipos de recheios.
    Eu escolhi com Nutella, sorvete de creme e morangos, ou seja, tudo que tinha direito. Confesso que não consegui comer tudo, pois achei muuuito enjoativo. Esqueci de anotar o preço exato, mas é algo em torno de R$ 20,00 esse mais completo.o que fazer em gramado e canela
  • Casa da Velha Bruxa: um local super popular em Gramado, que acabei não visitando, mas deixo aqui a dica para vocês. Seja para comer um lanche, ou tomar algum dos sorvetes maravilhosos do cardápio, todo mundo diz valer muito a pena visitar.

CHOCOLATES:

Pensar em Gramado ou em Canela, é lembrar automaticamente de chocolate. A região oferece muitas opções deliciosas para experimentarmos. Desde visitação às fábricas até um chocolate quente pedido em algum restaurante, não tem como errar na escolha.

As marcas mais famosas são: Lugano, Florybal, Prawer e Caracol. Eu acabei não visitando nenhuma fábrica, mas fui nas lojas de cada uma e comprei vários chocolates mesmo, nem estava ligando pra mais nada rs. Eles são deliciosos e eu acabei misturando tudo que nem me lembro qual era o mais gostoso. Apenas com o chocolate quente tenho na memória qual gostei mais: o da marca Caracol.

Como se locomover entre Gramado e Canela sem carro?

BUSTOUR sabe aquele ônibus vermelho de dois andares para turistas? Então, na região é chamado de Bustour e é uma excelente escolha. Ele transita entre as duas cidades, parando em vários pontos turísticos. Eu estava em Canela, peguei em frente à Catedral de Pedra, fiz vários passeios, finalizando no Mini Mundo, em Gramado, e voltei para a pousada com ele.

Como funciona:

São vários tipos de tickets que você pode adquirir:

    • 24 horas de uso: contando a partir do momento que utilizar, por exemplo, embarcou pela primeira vez as 12h00, ele valerá até as 12h00 do dia seguinte.
    • 48 horas de uso: mesmo preceito do anterior, sendo que você pode dividi-lo em dois períodos de 24 horas, não necessariamente seguidas.
    • 72 horas de uso: válido a partir do momento que embarcar, podendo, também, ser divido em 03 períodos de 24 horas, consecutivas ou não.
    • Bustour Família: para um casal e um filho.

Você entrega seu ticket toda vez que entrar em um Bustour para um fiscal que fica lá dentro e desce onde quiser, podendo fazer essa ação de subir e descer quantas vezes tiver vontade dentro do período contratado. Se não quiser descer, pode apenas circular dentro dele, também, para reconhecer o campo.

No site oficial do Bustour você consegue verificar toda a rota que os ônibus fazem, saindo tanto de Gramado quanto de Canela, bem como os horário que passam. Eles dizem que pode haver atrasos, mas quando eu utilizei, eles chegaram sempre na hora exata.

É muito fácil encontrar o ponto de parada dos ônibus, são encontrados por um totem vermelho, com a descrição e horários dos ônibus e geralmente ficam na frente das atrações turísticas.

Por ele parar em praticamente todas as atrações, achei que valeu muuuito a pena, não tive que me preocupar com nada relacionado ao transporte. No auto-falante vão contando curiosidades e historias por onde passamos e anunciando qual será a próxima parada para nos prepararmos para descer ou tirar foto da fachada pelo ônibus mesmo.

É uma experiência muito boa e prática, de fácil acesso e que, se não quiser ou não puder utilizar carro, é a melhor opção. Além do mais, utilizando o Bustour você consegue descontos ou brindes em muitas atrações de Gramado e Canela.

O que fazer em Gramado e Canela – Atrações de Canela

  • Catedral de Pedra

Com estilo gótico, a Catedral Nossa Senhora de Lourdes encanta demais a todos que passam pelo centro de Canela. Ela possui várias obras em seu interior e durante a noite o show fica por conta de sua iluminação externa, que sempre muda.

Passeei por lá todas as noites em Canela e me apaixonei todas as vezes, isso porque nem sou fã de visitar igrejas.

  • Museu dos Beatles

Acabei não tendo tempo de conhecer, mas a dona da Pousada Encantos da Terra super recomendou a visita. Disse que é bem maneiro e rende umas fotos legais com cenários onde a banda tocou.

Existem três no mundo e um deles está aqui no Brasil, em Canela, por isso quero deixar aqui a sugestão. Se conseguir pegar um horário em que o dono esteja por lá, ele faz um tour bem mais especial contando vários detalhes.

Preço: R$ 19,90 inteira.

  • Alpen Park

Um parque de caráter mais radical, com vários brinquedos para toda a família se divertir.

Preço: passaporte custa R$ 99,00 e o kids R$ 44,00.

  • Parque Terra Mágica Florybal

Acabei não visitando por recomendações de várias pessoas que já tinham ido, disseram ser algo mais infantil e eu e minha irmã não iríamos curtir tanto assim, tomando tempo de outros lugares que poderíamos visitar e sabíamos que aproveitaríamos mais.

Preço: R$ 70,00 adulto/inteira.

O que fazer em Gramado e Canela – Atrações da Estrada do Caracol

  • Bondinhos Aéreos

Fui convidada para conhecer os Bondinhos Aéreos, uma das formas de avistar a tão famosa Cascata do Caracol. Aqui acabamos tendo uma visão mais de longe dela, sendo uma parada para apreciação e fotos mesmo. O passeio pode ser bem rápido, aliás.

São duas estações: a animal, na subida do bondinho, que contém uma pequena trilha de 210 m que proporciona um passeio educativo ecológico e o Espaço Esculturas que Falam, onde animais esculpidos em madeira reproduzem seus sons originais com o passar de um rolo por cima deles, a galera realmente estava entretida ali; e a estação caracol, a segunda, já descendo o bondinho, que conta com um mirante em um pequeno espaço para avistarmos a cascata.

Preço: R$ 42,00 inteira.

  • Parque do Caracol

Acabei não visitando o parque pois já havia visto a cascata, que era a prioridade, na atração anterior. Porém, acredito que ele valha muito a pena e quero conhecê-lo na próxima oportunidade. Dizem ser incrível.

Para consultar valores, precisa ligar no telefone disponibilizado no site do Parque Estadual do Caracol.

  • Castelinho Caracol

Essa foi uma parada que foi até engraçada. Ao entrar no Bustour na saída dos Bondinhos Aéreos, encontrei um casal de amigos da minha cidade do interior de São Paulo! Foi muito gostoso revê-los e achei super agradável relembrar como o mundo é pequeno.

Fomos juntos, então, até a parada do Castelinho Caracol, principalmente para comer o Apfelstrudel, que dizem ser o melhor da Serra Gaúcha.

A residência da família Franzen é uma das primeiras em Canela, construída com madeira de araucária sem o uso de pregos e que preserva seus móveis originais do início do século XX. Podemos visitar os ambientes como quartos, banheiros, salas de jantar, cozinha, sala de música, de costura, etc. Lá foi filmado um filme chamado As Filhas do Fogo.

A sensação fica em experimentar a torta de maçã (Apfelstrudel) que é receita originária dos Franzen que já estão em sua 05ª geração produzindo o doce. Ele vem acompanhado de sorvete de creme ou de nata (que eu achei mais gostoso).

Preço para entrar no Castelinho: R$ 10,00 adultos. O doce é vendido a parte.

O que fazer em Gramado e Canela – Atrações de Gramado

  • Mini Mundo

O Parque Mini Mundo conta com réplicas perfeitas de lugares e monumentos do mundo, como o Museu do Ipiranga de São Paulo, o Castelo de Neuschwanstein na Alemanha, o aeroporto de Bariloche na Argentina, Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto, e tantos outros lugares belíssimos em miniatura.

E, claro, nenhum mini mundo está completo sem as mini pessoas, mini animais e mini objetos. São vários espalhados em cenas muito engraçadas ou trágicas, e se você prestar bem atenção pode encontrar ainda miniaturas de personagens famosos como os Beatles, a Turma do Chaves e até o nosso querido Ayrton Senna.

Se quiser fazer uma visita mais detalhada, pergunte os horários do tour monitorado que eles fazem lá dentro. Vão explicar bem melhor sobre as miniaturas e historias da família e lugares.

Preço: R$ 36,00 inteira.

  • Snowland

“Você quer brincar na neve?” Se a resposta é sim, em Gramado você conseguirá! O parque Snowland tem neve de verdade e algumas atrações para toda a família se divertir muito.

Eu acabei não visitando por dois motivos: preço (R$ 129,00 adulto) e por não ter os acessórios de inverno recomendados. Lá eles dão uma roupa para colocar por cima da sua, mas enfatizam a importância de você levar luvas, meias extras, cachecol e touca.

Para saber mais como é o parque, suas atrações e tirar mais dúvidas, vou deixar aqui um post bem completo do blog Por Aí Com os Pires sobre o Snowland.

  • Rua Torta

A Rua Emilio Sorgetz, mais conhecida como Rua Torta é super popular entre os turistas. Ela é bem bonita com muitas flores e o povo adora brincar com as fotos por lá.

  • Lago Negro

Seja para relaxar, fazer uma caminhada, tirar o dia pra lazer com a família ou beber seu chimarrão, o lago negro irá te servir. Ele é lindo, um cenário literalmente montado para embelezar e trazer ainda mais o clima europeu para a Serra Gaúcha.

O lago surgiu depois de um incêndio na década de 40, que acabou com muitas árvores na região, quando Leopoldo Rosenfeldt abriu uma fenda próxima a uma vertente junto com os moradores para controlar a situação e a água dessa vertente preencheu a fenda.

O nome Lago Negro foi dado após Leopoldo introduzir no que sobrou da mata nativa, mudas de árvores da região da Floresta Negra na Alemanha.

Uma das atividades que fazem muito por lá é andar de pedalinho. Tem os pedalinhos em forma de Cisne e também Caravela. Não tivemos interesse em realizar esse passeio.

Preço dos pedalinhos: Cisne Menor (01 ou 02 pessoas) R$ 40,00 ou Cisne Maior (02 adultos e 02 crianças até 10 anos) R$ 50,00. Caravela R$ 50,00. Duração do passeio: 20 minutos.

TOUR CÂNION ITAIMBEZINHO

Uma das surpresas mais agradáveis que tive nessa viagem, foi conhecer o cânion Itaimbezinho, localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, na divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Fiz o tour a convite da Brocker Turismo que faz inúmeros passeios pela região, inclusive esse. Achei a minha cara e não mudaria por outro passeio. É puro contato com a natureza.

Eles nos pegaram no Hotel Wood EXATAMENTE no horário combinado, que era 07h30. No dia anterior deixaram mensagem no Hotel e enviaram SMS para nossos celulares confirmando o horário de saída. Fomos em uma van e ele foi parando nos outros hoteis entre Gramado e Canela para pegar os outros turistas.

Quando chegamos na pequenina cidade de Cambará do Sul, nossa porta de entrada para esse passeio, o guia parou em uma padaria para irmos ao banheiro, reforçarmos o café da manhã e comprar lanche e água (quem não levou) para a trilha que iríamos fazer.

A Brocker nos dá uma mochila para trilha para colocarmos nossos pertences que levaremos conosco nela, além dos lanches e deixamos o resto na van, assim não carregamos muito peso. Depois seguimos até a entrada do Parque. O guia mencionou que estava bem vazio, visto que foi tranquilo para encontrar onde estacionar. Tem época que o pessoal faz fila de espera de carros, porque o parque entope de gente.

Ao finalmente descermos da van, já dentro do parque, o guia nos levou direto para um mirante muito lindo, que é rápido de chegar, para visualizarmos duas quedas de cachoeiras: a Cachoeira das Andorinhas, mais perto de nós e com uma queda muito forte, formando um arco íris no meio, e a Cachoeira Véu da Noiva, bem mais fraca e bem mais longe de nós.

Logo depois fomos seguir para fazer uma das tantas trilhas disponíveis: Trilha do Cotovelo. Ela possui entre ida e volta 6 km e é bem tranquila de fazer, eu e a Gi mal cansamos. Não existe obstáculos e o caminho é suave e plano. Vi muitas pessoas fazendo o percurso de bicicleta também.

No meio do caminho há um espaço com banheiros e mesas do lado de fora, vi gente fazendo até piquenique por ali.

As paisagens que vão se formando diante de nossos olhos são inigualáveis. A força da natureza, o que ela foi capaz de esculpir, bem ali na nossa frente, foi poderoso de vivenciar. Eu amo cânions, e esse foi o mais bonito que já vi, até agora. São quase 6 km de extensão e mais de 700 m de profundidade.

Não esqueçam de usar e de levar protetor solar, eu fiquei com as costas totalmente queimadas. Além do lanche e água, preste atenção no calçado que irá usar. Embora seja tudo tranquilo, o passeio cansa e voltei pro hotel pronta pra me esticar na cama e não sair nunca mais dela.

Um item que eu não levei foi capa de chuva. Pegamos um dia muito bonito, ainda bem, mas quando voltávamos da trilha para ir embora, começou a chuviscar um pouco. Como foi uma garoa tranquila, nem me incomodei, mas muitos colegas do grupo estavam preparados com suas capas. Recomendo que leve também, pois nunca se sabe como será o tempo por lá.

Dizem que é uma das regiões mais frias do Sul e mesmo no verão, muita gente acaba pegando chuva e até nevoeiro no cânion, por isso recomendam fazer o passeio durante a manhã para ter uma vista melhor.o que fazer em gramado e canela

Como mencionei, essa trilha que fizemos é apenas uma das tantas oferecidas. Uma outra bem famosa mas bem mais complicadinha é a do Rio do Boi com 14 km ida e volta, passando pelo rio e durando um dia inteiro de caminhada, porém possibilita nadar na cachoeira no verão.

Para saber o preço do passeio com a Brocker e reservá-lo, acesse o link do site.

Existem muitas outras atrações na região, óbvio que não conseguiria fazer tudo, mas acredito que para o meu gosto, visitei todos os lugares que gostaria, com exceção do Le Jardin e visitar uma vinícola, que queria muito ter feito.

LEIA MAIS:
Visita à Vinícola Garibaldi, pelo blog Viagens e Menus
Natal Luz em Gramado: como economizar, pelo blog Na Mochila da Ninja

 

* Agradeço à Brocker Turismo que nos enviou dois tickets para um dia de uso no Bus Tour, bem como nos forneceu como cortesia o transfer de ida e volta e o tour para conhecermos o Cânion Itaimbezinho; ao Hotel Ritta Hoppner que nos convidou para conhecer seu chá da tarde; e aos Bondinhos Aéreos que nos deram dois ingressos cortesia. A Pousada Encantos da Terra e o Hotel Wood nos forneceram hospedagem e café da manhã. Por favor, veja a política do blog para mais informações.

 

PLANEJE SUA VIAGEM!

Toda reserva que você faz por um link aqui do blog eu ganho uma pequena comissão, enquanto você não paga nada a mais por isso. E ainda ajuda a manter o Além da Curva no ar, com muitas novidades sempre.

Então, que tal reservar?

Hospedagem com ótimos preços pelo Booking.

Aluguel de quarto ou apartamento pelo Airbnb.

Seguro viagem pela Seguros Promo.

Chip internacional com a Viaje Conectado.

Você pode gostar

9 Comentários

  1. Gramado e Canela estão cada vez mais sensacionais. Eu já fui algumas vezes e sempre tem atrações novas, coisas diferentes, e tudo lindo, caprichado, tudo impecável. E as atrações realmente se confundem, eu que não sou muito boa de bússola nem sei direito onde acaba uma cidade e onde começa outra.

  2. Um post super completo com um destino maravilhoso. Já passei por Gramado, mas não conheci bem a cidade, também queria muito ter conhecido Canelas, a cidade mostra algo bem diferente da maioria das cidades brasileiras.

  3. Meu irmão acabou de voltar de Gramado e Canela e adorou. Eu ainda não conheço, mas quando for, vou voltar aqui no post com certeza

  4. eu adoro gramado, ja fui varias vezes e em diferentes situações… criança, namorando e com a familia! sempre uma boa pedida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *