Como tirar fotos viajando sozinha

Uma das maiores dúvidas sobre viajar só é justamente como tirar fotos viajando sozinha, já que não tem mais ninguém viajando junto consigo pra poder pedir e refazer o pedido quantas vezes quiser até encontrar o melhor ângulo.

No artigo de hoje trago para vocês exemplos reais de métodos para tirar fotos viajando sozinha, que utilizei em diversas viagens solos que fiz na vida e que deram muito certo.

Medo de viajar sozinha: como lidar?

Como tirar fotos viajando sozinha sem ajuda de mais ninguém

Tripés, celulares + temporizador:

Eu ainda não me sinto totalmente segura utilizando tripé em lugares muito movimentados, mas em um lugar mais isolado, em praias ou trilhas, eu arrisco mais.

Como quase nunca lembro de levar o tripé para as viagens, eu apenas encontro um espaço onde o celular ou a câmera fique em pé sem risco de cair, ligo o temporizador do aparelho e corro pro close.

Muitas vezes a foto não fica alinhada porque os espaços para deixar a câmera ou o celular às vezes são sinuosos, mas daí é só ajeitar na edição depois. Praticamente qualquer aplicativo de edição de imagem possui a ferramenta para girar e cortar a foto.

Nas imagens acima eu mostro bem isso: apoiei o celular em algumas pedras que tinham na praia, liguei o temporizador e saí correndo para fazer a foto. Na primeira foto ela está torta e na segunda está editada.

Pra quem preferir, ao invés de depender de temporizador, pode-se comprar um controle que funciona via bluetooth e você aperta para tirar a foto quando quiser.

Selfies:

Como tirar fotos viajando sozinha

Ame ou odeie, não tem como fugir dessa modalidade de foto viajando sozinha. Eu mesma não gosto de selfies, porque nunca consigo enquadrar a paisagem direitinho.

Mas… sempre tiro algumas para registrar, porque vai que… Se nada der certo, pelo menos tenho as minhas selfies.

O lado bom é que se você estiver em um espaço com outros turistas, pode acontecer de alguém vir te oferecer para tirar uma foto sua.

E essa é uma tática que eu mesma utilizo muito: se vejo alguém fazendo alguma selfie, seja sozinha, com amigos ou em família, já vou logo me oferecendo para tirar a foto deles. Eles aceitam, claro, e logo em seguida já oferecem tirar uma foto minha também.

NA MOSCA!

Como tirar fotos viajando sozinha com ajuda de outras pessoas

Pedir para alguém tirar a sua foto:

Você pode utilizar da estratégia anterior de se oferecer para tirar a foto de alguém e ver se essa pessoa se oferece para tirar a sua foto de volta. Muito difícil isso não acontecer.

Mas você também pode parar alguém e pedir.

“Ah, mas e se a foto não ficar boa?”

Trouxe o exemplo das fotos acima pra exemplificar isso. Eu queria uma foto com o cenário ali no Parque Utinga, em Belém/PA. Não gostei muito da foto tirada pela primeira pessoa que pedi, a foto estava mais longe e eu estava tampando a placa.

Esperei essa pessoa, que prontamente resolveu tirar a minha primeira foto, se afastar e pedi outra foto pra outra pessoa. Fiz a pose do lado que considerei melhor e adorei.

Às vezes, na vida, é só questão da pessoa certa aparecer e de estarmos mais maduros quando ela chegar kkk.

Excursões ou passeios em grupo:

Gosto sempre de fazer o meu roteiro, mas vez ou outra me enfio em grupos de excursão porque facilita o trajeto até algum local que sozinha seria mais complicado de ir.

O lado bom, além da facilidade de ter alguém que te busca e leva para os lugares, que conta toda a história do local, é que o grupo sempre acaba se unindo, então para quem está sozinho pode ser uma boa opção.

E mais ainda, todo mundo do grupo quer tirar fotos, vão te pedir e você pedira à eles que te fotografem.

A vergonha de parar um estranho na rua não existe ou fica bem menor.

Foi assim nessa viagem para Cabaceiras e o Lajedo de Pai Mateus, na Paraíba. Fui sozinha, mas de excursão e consegui aparecer nas fotos do local pedindo para a galera que estava junto comigo no passeio me fotografar.

Fazer amizade e passeio com a galera do hostel:

Fazer amizades no hostel e sair de role com essas pessoas para mim é a maneira mais fácil de socializar numa viagem.

Muitos hostels possuem passeios organizados por eles mesmos e, assim, a galera que está hospedada lá sempre acaba fazendo um programa ou outro juntos. Assim já rola uma amizade e um dia agradável.

Como fazer amizades viajando sozinha

Além de tudo, o bônus é ter pessoas que tiram nossas fotos e que podemos pedir “só mais uma fotinho” (que às vezes já é a centésima) sem ter vergonha ou ficar com culpa de estar enchendo o saco de um completo estranho na rua.

E de quebra podemos usar os equipamentos dos novos amigos, como na foto que tirei com o dome ali em cima.

Pedir para algum trabalhador do local tirar a sua foto:

Na minha viagem por Algodoal/PA percebi que estava indo embora com fotos apenas das paisagens do lugar, sem a minha presença em nenhum registro.

Como estava curtindo a Praia da Princesa em um quiosque, pedi para o garçom dali tirar uma foto minha.

Eu nem gostei tanto assim, mas como é a única foto que eu apareço, resolvi editar um pouco e remover a sombra do rapaz que aparecia na areia, só para ter uma foto com uma lembrança do meu rostinho e corpinho por lá.

No Museu dos Bonecos de Olinda, tanto em Olinda como em Recife, pedi para as funcionárias do local baterem as minhas fotos e elas foram super fofas.

Ps: percebam que a roupinha da viagem era sempre a mesma, só mudava as blusinhas.

Porém, nem tudo são flores ou conseguimos arrumar na edição…

Claro que não poderia deixar de mostrar aqui o que não deu tão certo.

Infelizmente às vezes acontece e a gente só aceita.

Como por exemplo essa foto minha turistando em Montevidéu, onde pedi para uma moça (que me parecia turista também) para tirar uma foto minha em frente ao monumento de Jose Artigas.

Bem, pelo menos eu apareci na foto, já o monumento… haha

Juliana Saueia

Juliana é atriz, escritora e bacharel em Direito. Vive com os pés na estrada e a cabeça em outros planetas.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *