Como planejar a primeira viagem para a Disney

castelo da cinderela | Como planejar a primeira viagem para a Disney

Para contar como planejar a sua primeira viagem para a Disney e os demais parques de Orlando, vou contar como foi a minha experiência nesse assunto.

A primeira coisa que fiz e que você está fazendo neste exato momento, foi procurar blogs de viagem. Anotei todas as dicas de blogs e sites que encontrei e, acreditem, elas valem ouro!

Sem essa dedicação jamais teria economizado tempo nas filas dos parques, nem teria descoberto um lugar maravilhoso para comer, muito menos saberia como tomar café da manhã com as princesas ou reservaria um jantar no concorridíssimo Castelo da Fera. São tantas informações absorvidas e que fizeram da minha experiência muito mais mágica.

Passaporte e visto!

A primeira coisa que você precisa ter para uma viagem para a Disney é seu passaporte com visto em mãos. Isso é de suma importância.

Aqui no blog eu já contei como tirar o passaporte brasileiro sem erros, com dados e links do site da Polícia Federal.

Após tirar seu passaporte (ele precisa ter, no mínimo, 06 meses de validade) preencha o formulário e agende sua entrevista para o visto americano.

Aqui no blog também ha um post completo sobre como tirar o visto americano, além de dicas e possíveis perguntas que você precisará responder na alfândega para entrar nos Estados Unidos.

Muita gente acaba pagando para outras pessoas fazerem seu visto porque a primeira vista pode parecer bem complicado.

Mas eu fiz sozinha para mim e para minha irmã, na época eu nem sabia como planejar uma viagem, foi minha primeira vez nesse mundo do turismo e deu tudo certo.

Pesquisa de passagem aérea!

Seguros Promo

Confesso que não fiquei pesquisando muito os preços das passagens aéreas pois estava no final de 2014 com promessas de alta no dólar para o próximo ano. Assim, resolvi comprar o quanto antes com medo de mais para frente ter um arrombo no orçamento.

O interessante é, sabendo mais ou menos a época em que poderá viajar, você criar alertas para quando a passagem que busca estiver com um preço melhor, você receber o aviso e poder economizar.

Para isso é só procurar o sininho dentro do site da sua pesquisa e cadastrar teu e-mail e acompanhar toda mudança que houver nos preços.

Um site ótimo que te dá essa opção é o Passagens Promo! O interessante também é acompanhar o preço das passagens pelo site para ter certeza de que estará fazendo um bom negócio.

Muitas vezes durante a pesquisa da passagem aérea, fazer variações das datas pode te dar uma noção ainda melhor de preços. Muitas vezes viajar um dia antes ou um dia depois pode te trazer uma enorme vantagem financeira.

A antecedência na compra também é um fator que ajuda a baratear o preço da passagem.

Reserva de hoteis!

Hospedagem Disney All Star

Toda vez que viajo, minha primeira opção para buscar hospedagem é o Booking.com, um site que é queridinho de muitos outros viajantes também.

Por lá podemos comparar os preços de várias hospedagens, desde um hostel até grandes redes hoteleiras, além de verificar tudo que cada acomodação oferece ao hóspede.

Há muitas opções de hospedagem com cancelamento gratuito, o que, particularmente, eu gosto demais e dou prioridade na hora de realizar minha reserva.

Outra coisa muito bacana, é que quanto mais você reserva por lá, vai conseguindo maiores descontos nas próximas vezes com o programa de fidelidade da Booking, o Genius.

Booking.com

Como eu não dirijo a prioridade durante minha busca de hoteis foi verificar se ofereciam serviços de transportes gratuitos para os parques. Essa foi minha principal motivação na busca de hoteis por Orlando.

Acabei optando por dois hoteis diferentes, um dentro da Disney e outro perto dos parques da Universal.

Visitar a Disney e estar em um hotel dentro dela, foi uma adição mágica que resolvi agregar na viagem, para poder respirar a atmosfera por inteira.

Sobre o porquê escolhi esses hoteis, conto detalhadamente em outros posts. Para ver o post do hotel dentro da Disney clique aqui e para ver o hotel escolhido para visitar Outlet e os Parques da Universal, clique aqui.

Dependendo do que você busca, uns hoteis podem ser melhores do que outros. A necessidade de cada grupo que viaja é diferente, afinal.

Outra opção em Orlando, e que muitas famílias preferem, é procurar acomodação alugando casas para a temporada.

Pode ser uma excelente escolha, para reunir a família em um ambiente mais despojado e só de vocês.

Um site excelente para fazer essa busca é o Airbnb que conta com várias acomodações para escolher:

Carro em Orlando!

Se você dirige, essa com certeza é uma das melhores opções para se locomover pela cidade, que foi feita para andar de carro.

A melhor possibilidade é alugar um carro na cidade para ter mais facilidade de locomoção e poder gerir seu próprio tempo.

No site da Rentcars eles fazem o comparativo entre várias empresas para que você possa analisar qual se adequa melhor à sua viagem.

Você pode escolher onde deseja retirar e também entregar o veículo (podendo ser em locais diferentes), além do mais sempre tem promoções e descontos exclusivos pelo site. Vale a pena conferir!

Agora se for como eu e não dirigir, uma opção é contratar um motorista particular para alguns trechos e aproveitar os hoteis que possuem transporte gratuito para ir aos parques.

Na época eu encontrei um motorista brasileiro em Orlando para me acompanhar na troca de hoteis, na ida ao Walmart e na volta do aeroporto (a ida fui com ônibus da Disney gratuito). Ele foi mega atencioso e sempre mandava mensagem caso precisássemos de alguma coisa.

Descontos para a sua viagem!

Infelizmente ele já voltou para o Brasil, mas em uma rápida pesquisa no Google, você consegue encontrar outros motoristas.

Como mencionei ali em cima, escolhi hoteis que tivessem traslado gratuito para seus hóspedes visitarem os parques, isso foi primordial na minha viagem.

Ingressos dos parques!

Hospedagem Disney All Star
Magic Bands – servem como chave do quarto, ingressos para os parques e cartão de crédito

Como me hospedei no complexo Disney, comprei os ingressos pelo próprio site deles. Inclusive é um site muito legal de visitar e entender melhor tudo que a Disney oferece para seus visitantes.

Já os ingressos dos parques da Universal, acabei comprando pelo site da Decolar, assim pude parcelar e pagar em real sem precisar converter a moeda depois e correr o risco de pagar mais caro pela flexibilidade da moeda.

A Disney possui 4 parques principais (Animal Kingdom, Magic Kingdom, Hollywood Studios e Epcot), além de 2 parques aquáticos (Disney’s Typhoon Lagoon e Disney’s Blizzard Beach) e possui a opção de comprar ingresso para visitar cada parque em um dia ou para visitar mais de um no mesmo dia – o que eu não recomendo para uma primeira vez, porque mesmo com um dia inteiro em um só parque, muitas vezes não conseguimos fazer tudo.

Preço dos ingressos: a partir de US$ 109. Porém quanto mais ingressos se compra, a cada dia adicionado esse valor vai reduzindo.

Por exemplo: comprou um ingresso para 1 dia: US$ 109, se comprar 4 ingressos para 4 dias, o valor de cada um sairá: US$ 103.

A Universal possui 2 parques principais (Universal Studios e Islands of Adventure) e 1 parque aquático (Volcano Bay). Aqui também existe as mesmas opções anteriores, porém, vale a pena por um simples motivo: você pode entrar por um parque e pegar o Hogwart’s Express até o outro parque. E a única opção de fazer isso é comprando o ingresso que dá entrada para os dois parques no mesmo dia.

Preço dos ingressos: Universal Studios US$ 109, Islands of Adventures US$ 109 e Volcano Bay US$ 80.

Já o ingresso Park-to-Park (2 parques em 1 dia) custa: US$ 164.

Veja o que mais você pode fazer em Orlando além do óbvio!

No site do Airbnb, agora eles oferecem uma aba chamada de “Experiências”, onde existem vários serviços diferentes sendo ofertados em várias cidades.

Em Orlando tem desde fotógrafo particular nos parques da Disney até passeios de caiaques por águas cristalinas, de tours gastronômicos a paintball.

São experiências que, dependendo do seu tempo de viagem e do seu perfil de turista, valem a pena serem contratadas.

Confira as coisas para fazer em Orlando nessa aba do Airbnb!

Dinheiro!

Falando em conversão, comecei a juntar dinheiro e comprar dólar. Acompanhava a cotação e caso caísse um pouco que seja, já corria pra comprar. Acabei trocando dinheiro no aeroporto também, mas não recomendo porque a cotação é muito ruim.

Levei meu cartão de crédito internacional comigo para emergências e fiz um Vista Travel Money (VTM), um cartão pré-pago que você pode recarregar a qualquer momento.

Seguro Viagem!

Seguros Promo

O seguro viagem é aquele gasto que a gente tem, torcendo para que nunca precise utilizar esse serviço.

A verdade é que podemos passar anos viajando e nunca acontecer nenhuma fatalidade, mas quando menos esperamos, pode acontecer! E a realidade é que não queremos esperar acontecer pra se arrepender de não ter contratado o seguro né?

Ainda mais nos Estados Unidos, onde as despesas médicas são caríssimas, pois não há sistema público de saúde! Não dá pra bobear mesmo.

Contratando um bom seguro você terá o pagamento das suas despesas através da seguradora ou de um reembolso, para isso é de suma importância solicitar o relatório médico da internação e/ou atendimento. É importante guardar todas as faturas que forem geradas durante os atendimentos médicos hospitalares na viagem.

No site da Seguros Promo (clicando você garante 5% de desconto!) você consegue comparar até 4 planos de diferentes seguradoras com os preços e coberturas do mercado. Empresas com atendimento em português 24 horas por dia, com número de chamada gratuito e aceitação de chamada a cobrar do exterior.

É necessário analisar com calma, pois os preços podem variar muito. Uma consulta médica pode custar US$ 200,00, uma infecção US$ 8.000,00 e uma cirurgia US$ 30.000,00.

Em caso de emergência, entre em contato com a sua seguradora com o número da apólice em mãos.

Melhor época para visitar a Disney!

Bom, no blog Cheap Trip a Malu detalha tão bem qual época visitar a Disney, fala porque ir e porque não ir, que fica mais fácil eu já encaminhar você, leitor, para o site dela.

Tá bem completinho!

Chip de Viagem Internacional!

Viaje Conectado

Um chip de viagem faz toda diferença nessa era digital. Poder estar conectado o tempo todo sem depender do Wi-fi dos locais públicos e hoteis é algo que muitos de nós queremos.

Subir aquele stories no Instagram, fazer uma postagem com uma foto linda, tuitar sobre algum causo da viagem, fazer chamada de vídeo com a família que ficou no Brasil, tudo isso requer uma internet boa e estável.

Na Viaje Conectado você pode analisar os planos que estão funcionando exclusivamente para os Estados Unidos e adquirir o que mais se encaixa com a viagem que irá fazer.

Duas semanas antes de embarcar!

Aqui foi o momento onde eu confirmei que tudo estava indo bem para a minha viagem.

Comecei a ligar e/ou mandar e-mails para os hoteis, motorista, companhia aérea, seguradora e assim me certificar de que tudo estava reservado corretamente, sem imprevistos e dores de cabeça em cima da hora.

Chequei também meus documentos, tirei algumas xerox do meu passaporte e da minha irmã, mandei também uma cópia para o meu e-mail, e salvei as passagens e reservas no celular. Me certifiquei de que a apólice do seguro também tinha cópia, assim como outros documentos necessários para a viagem.

Aplicativo Disney!

Baixei aplicativos para viajar, entre eles o My Disney Experience onde, por estar hospedada num hotel da Disney, pude preparar algumas coisas antes. Para entenderem melhor como funciona esse aplicativo recomendo o post da Marcela do Blog Amo Orlando.

Escolhi a cor da Magic Band, que além de chave do quarto e ingresso dos parque, também fica vinculada ao cartão de crédito e podemos realizar pagamentos no hotel e nos parques com ela; escolhi os brinquedos nos quais iria usar o Fast Pass, um fura-fila com horário marcado (tínhamos direito a 03 cada uma); fiz reservas em restaurantes pois alguns abrem com 180 dias de antecedência e esgotam na mesma hora; e realizei check-in antecipado escolhendo a área do hotel onde gostaria de dormir.

A ansiedade só aumentava, mas foi uma delícia pois pude sonhar antes mesmo de chegar no aeroporto. Planejar minha primeira viagem para a Disney foi mágico.

Se vocês quiserem mais dicas vou deixar um post maneiro da Sthe On The Road para lerem também.

Chegando lá aproveitei demais aquele momento que só eu sei como foi suado para chegar. Fiquei exausta também e aprendi que não se pode querer fazer tudo de uma vez, nem um parque atrás do outro. São necessários alguns dias para descanso.

Ah, e voltei a ser criança.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar...

3 Comments

  1. Adorei a indicação! 🙂

  2. […] eu disse no post de planejamento, não dirijo e minha irmã é menor de idade, logo iríamos depender de transporte público, táxi […]

  3. Dicas excelentes! Com certeza um bom planejamento é a melhor chance de uma viagem para Orlando ser o maior sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!