O que fazer em Palmas em 2 dias

o que fazer em palmas em 2 dias

Saiba que você pode encontrar o que fazer em Palmas em 2 dias, afinal a capital do Tocantins conta com vários pontos turísticos para visitarmos.

Aqui embaixo você descobre opção de onde se hospedar, onde comer e o que fazer em Palmas em 2 dias de viagem!

Tudo que você precisa saber antes de visitar o Jalapão

Quem vai ao Jalapão certamente passará por Palmas e eu recomendo fortemente que separe alguns dias para conhecer a cidade.

Tocantins é o Estado mais novo do Brasil, localizado na região Norte e foi criado na Constituição Federal de 1988, sendo sua capital Palmas inaugurada em 20 de maio de 1989 e instalada em 01 de janeiro de 1990.

Seguros Promo

Onde se hospedar em Palmas

No planejamento que fiz, resolvi reservar uma noite na chegada ao Tocantins e mais uma noite na volta do Jalapão no Hotel 10 em Palmas (parceiros do Blog Além da Curva), assim poderia curtir a cidade um pouco melhor, sem correr tanto.

Ah, peguei o voo da volta pra São Paulo a noite, assim pude deixar as malas no hotel após o check-out e continuar passeando pela cidade sem preocupação.

Localização:

o que fazer em palmas em 2 dias
Circuito Ferradura do Jalapão

O Hotel 10 Palmas fica a 500 metros do Palácio Araguaia e Praça dos Girassóis.

O Uber de lá para todos os lugares que frequentamos de carro era baratinho. Até o Shopping Palmas são 20 minutos de caminhada.

Quartos:

o que fazer em palmas em 2 dias

Ficamos em quartos amplos, com 02 camas de casal grandes e muito confortáveis, que foi ótimo principalmente depois de horas na estrada durante a volta do Jalapão.

Possui TV, frigobar, ar condicionado e Wi-fi que pegou extremamente bem.

O banheiro era muito limpo e com um bom tamanho, sendo a pia do lado de fora. A roupa de cama e toalhas também estavam limpas.

No fim do corredor, dos dois lados, possui uma janela enorme com vista bem bacana da cidade de Palmas.

Top 10 capitais brasileiras para conhecer

Aliás, o elevador possui janela panorâmica e o Hotel 10 possui 14 apartamentos acessíveis.

Eles não possuem restaurante ou serviço de quarto, mas caso queira existe uma loja de conveniência dentro do hotel.

Café da manhã:

Servido das 06h30 às 09h30, possui pães diversos, torta salgada, leite, café, iogurte, achocolatado, frutas da estação, omelete, salsicha, calabresa, frios, pães de queijo, bolos, gelatina e salada de frutas.

Tudo de ótima qualidade.

Preço da diária: Em média R$ 250,00.

VEJA OUTRAS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM EM PALMAS AQUI!

Onde comer em Palmas

Restaurante Ecológico:

Um self service com boas opções por R$ 14,00.

Quem levou a gente para comer por lá foi o Junera da Jalapão Calliandra.

O lugar é bem grande, num espaço rústico e contém pratos da região como o arroz de pequi.

Onde se hospedar no Jalapão

Shopping:

Outro lugar com opções democráticas para comer são as praças de alimentação dentro dos Shoppings da cidade.

Conhecemos dois: o Capim Dourado Shopping e o Shopping Palmas, e os dois possuem restaurantes conhecidos.

O que fazer em Palmas em 2 dias

Assim que chegamos no aeroporto fomos recepcionadas pelo Junera da agência Jalapão Calliandra Ecoturismo, que além da expedição ao Jalapão, acompanha os turistas em um city tour histórico, cultural e ecológico na capital do Tocantins.

O que fazer no Jalapão

E ele nos levou direto para conhecer alguns pontos muito interessantes, que contam muito a história de Palmas.

Parque Cesamar:

Criado em 1998 para ser um espaço de melhoria de qualidade de vida da população.

Por lá fica a Casa Sussuapara, sede da primeira prefeitura de Palmas e que hoje funciona um museu Casa da Cultura, abrigando um acervo histórico da capital com fotos e documentos da história de Palmas.

o que fazer em palmas em 2 dias

Quando fizemos a visita fomos recebidas com um mar de capivaras, que até o próprio Junera se surpreendeu.

Palácio Araguaia:

o que fazer em palmas em 2 dias

Sede do poder executivo estadual, foi inaugurado em 09 de março de 1991. Fica na Praça dos Girassóis.

Aqui encontramos o marco do centro Geodésico do Brasil, que fica nas escadarias no palácio.

Praça dos Girassóis:

Está no centro do plano diretor de Palmas, com uma área útil de 14 mil metros quadrados.

É considerada a maior praça pública das Américas e a segunda maior do mundo.

Como foi viajar sozinha pelo Pará

Memorial Coluna Preste:

Obra de Oscar Niemeyer que condecora a marcha realizada pela Coluna Prestes na região.

Monumento aos Dezoito do Forte de Copacabana:

Localizado na frente do Memorial Coluna Prestes, é uma homenagem aos 17 militares e um civil que se rebelaram contra a República Velha.

Nas esculturas vemos 19 pessoas, pois incluíram o fotógrafo que registrou tudo na época.

Museu Palacinho:

Primeira edificação construída em Palmas e a primeira sede do poder executivo do governo do Tocantins.

Hoje é o Museu Histórico do Tocantins, que nos leva em uma viagem no tempo, história e criação desse Estado.

Descontos para viajar!

Ele encontra-se em uma parte alta da cidade, portanto a vista é bem legal. Junera, nosso guia, mostrou em uma fotografia que tem no Museu Palacinho, a primeira escola de Palmas, onde ele próprio estudou.

Praia de Luzimangues:

Atravessamos a ponte que passa por cima do Rio Tocantins e chegamos nessa praia do rio que é uma delicinha e conta com uma visão privilegiada de Palmas.

Acabamos não entrando na água, mas o ambiente é bem tranquilinho.

Placa Eu Amo Palmas:

o que fazer em palmas em 2 dias

Depois de chegar no Hotel 10, deixar nossas coisas e descansar um pouco, fomos para o Capim Dourado Shopping jantar e comprar um protetor solar que eu havia esquecido.

Na entrada do shopping fica a placa Eu ♥ Palmas e como hoje essas placas estão super na moda, vale a pena parar ali pelo menos para garantir a foto.

Praia da Graciosa:

Em nosso último dia saímos para ir em uma loja de artesanatos e depois fomos conhecer a Praia da Graciosa, que estava super tranquilinha, talvez porque era dia de semana, não sei ao certo.

É praia de rio também, então a água é super calminha.

Praia do Prata:

Essa é uma praia que eu não conheci, mas óbvio que deixarei a dica aqui para vocês.

É a praia mais frequentada de Palmas e parece muito gostosa.

Ilha do Canela:

Se eu tivesse um terceiro dia com certeza iria aproveitar esse espaço.

É uma propriedade particular onde só pode chegar de barco que sai da Praia da Graciosa.

É um passeio recomendadíssimo, todos falam da Ilha do Canela, uma pena eu não ter conhecido.

* Esse post contém o apoio da agência Calliandra Ecoturismo que nos concedeu um city tour em nosso primeiro dia na cidade, bem como a cortesia de duas diárias com café da manhã pelo Hotel 10 Palmas. Por favor, veja a política do blog para mais informações.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar...

9 Comments

  1. Gostei muito de suas dicas, pretendo ir ao Jalapão em breve e vou aproveitar para conhecer Palmas. Valeu pelas dicas

    1. Siiiim, não deixe de colocar Palmas no roteiro é uma cidade muito incrível de conhecer e merece atenção.

  2. Ruthia Portelinha

    Que lindas dicas para explorar Palmas. Adorei o Parque Cesamar e as suas capivaras. Nunca vi tantas, no mesmo lugar. E a Praia de Luzimangues. Que linda e tranquila!

    1. As capivaras foram um achado mesmo, até o guia se surpreendeu com tantas. Ele estava procurando em outro local para nos mostrar e de repente elas estavam ali bem na nossa frente rs Muito especial.

  3. Amei seu post, muito bem explicadinho. Obrigada por compartilhar com a gente suas dicas.

  4. Adorei as dicas! Não sabia que tinha tanta coisa pra fazer em Palmas 🙂

  5. Edson Amorina Junior

    Esse post não merece só Palmas, mas o Tocantins inteiro… rs Que legal, viu, nunca tinha visto um post dessa cidade, gostei muito.

  6. Oi Ju, como ce está? Otimo post, tudo muito bem explicado. Gostei e estou interesado em fazer uma visita, quando seria uma boa época para ir lá?

    1. Olá, estou bem e você? Muito obrigada! Olha, acredito que Palmas possa ser visitada durante todo o ano, devido às altas temperaturas do Estado do Tocantins. O período chuvoso vai de novembro a abril, porém eu visitei em fevereiro e não peguei chuva na capital, pelo contrário, peguei muito calor. Setembro e Outubro são os meses mais quentes por lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!