Onde se hospedar na Ilha de Marajó – Tucupi Hostel

onde se hospedar na ilha de marajó

Eu realmente acredito que não exista lugar melhor onde se hospedar na Ilha de Marajó do que no Tucupi Hostel. Minha ida à ilha foi cem por cento melhor por conta da minha estadia por lá.

Inclusive, confessei para Sérgio, dono do Tucupi, que estava com medo de não gostar tanto dos outros cantos do Pará. O Marajó foi meu primeiro destino na viagem e foi tão incrível que fiquei receosa de ter começado pelo melhor e que nada mais do que viesse pela frente conseguiria superar esses primeiros dias.

E eu sei que muito desse sentimento veio por conta do local onde me hospedei.

É muito difícil eu errar na hospedagem porque sempre busco referências antes. Mas tem coisas que só vivendo para sentir.

Como ter a companhia de Jambu, o cão mais carente do universo. E duas gatas que são extremamente o oposto dele.

Como ouvir as lendas do Marajó que Sérgio e seu irmão ouviam quando crianças. E as histórias deles por Soure. Quanta conversa boa pude ter. Conheci tanto da cidade pelos dois. Acho tão importante estar hospedada num local com alguém que nasceu ali. É diferente, não adianta.

Se eu me hospedasse em qualquer outro canto, apenas saindo e fazendo os passeios, mas sem essa relação íntima e gostosa que o Tucupi Hostel fornece, seria uma viagem muito diferente. Eu não teria descoberto um pouco do Pará, apenas teria feito check-ins em vários pontos turísticos.

Se a hospedagem fosse diferente, eu não teria tanto medo de que locais como Alter do Chão, que já está consolidado como um destino paradisíaco, talvez nem fosse tudo isso e que não encontraria mais nada que atendesse às minhas expectativas.

LEIA TAMBÉM:
O que é um hostel e como funciona

Onde se hospedar na Ilha de Marajó: estrutura do Tucupi Hostel

– LOCALIZAÇÃO: o Tucupi fica aproximadamente a 3 km do centro de Soure. O local é muito privilegiado, num canto rodeado de verde. Por onde você olhar, enxergará árvores, é muita paz e amor.

Para se locomover do hostel para os outros cantos você pode ir andando, mas debaixo do sol quente do Marajó, é uma opção que poucos aderem.

Uma ótima escolha é alugar uma das bicicletas disponíveis no Tucupi Hostel. Você pode optar por alugar por R$ 20,00 o dia e acho que compensa muito esse aluguel.

onde se hospedar na ilha de marajó

Há também as moto-táxis, os táxis e as vans.

– RECEPÇÃO: o Sérgio, dono do hostel é uma pessoa excelente. Ele dá todas as dicas possíveis para aproveitarmos a estadia na ilha da melhor forma, está sempre por perto interagindo com os hóspedes que gostam de conversar e conhece tudo por lá, pois nasceu e foi criado ali.

– CAFÉ DA MANHÃ: a melhor hora do seu dia! É embaixo de dois cajueiros que o café da manhã do Tucupi Hostel é servido. Sério, me sentia abençoada só de poder estar vivendo aquela hora do dia. E isso não é nem de longe o melhor.

onde se hospedar na ilha de marajó

Os alimentos escolhidos para que os hóspedes comecem o dia são os mais deliciosos possíveis.

Tem um pão de açaí que é dos deuses e uma manteiga de ervas feita com o leite do búfalo sensacional. Fora o suco de caju com manjericão, que me enche a boca d’água só de lembrar. Ainda tem pão, goiabada, tapioca feita na hora, ovos e queijo.

É realmente um momento para agradecer a oportunidade de estar ali.

– QUARTOS E BANHEIROS: fiquei em um quarto compartilhado feminino com 04 camas mega confortáveis. Ainda possui mais três quartos compartilhados, sendo um masculino e os outros dois mistos.

São dois banheiros do lado de fora dos quartos, um com água quente e outro com água gelada (o que eu sempre utilizava).

Do lado de fora possui uma área super gostosa que fica o redário. Você pode levar sua rede ou pegar uma com o Sérgio. Ele também possui mosquiteiro. Lá é bem sossegado.

O quarto compartilhado tem a diária por R$ 70,00 e o redário por R$ 40,00. Café da manhã incluso.

– WI-FI: possui e funciona super bem.

– INSTALAÇÕES: do lado de fora possuem redes espalhadas e eu me arrependo muito de não ter pego um dia para ficar esparramada em uma delas apenas vendo o dia passar. Seria ótimo!

onde se hospedar na ilha de marajó

É por ali que a galera geralmente fica, passaram muitos viajantes solos nos meus dias e pudemos nos conhecer melhor e marcar passeios nos momentos que estava ali fora, nas redes.

A cozinha é comunitária, você pode deixar seus alimentos e cozinhar o que precisar. Tem geladeira para deixar suas coisas, só não esqueça de deixar seu nome marcado nelas.

Para reduzir o impacto de copos descartáveis no meio ambiente, o Tucupi Hostel oferece para quem se hospedar com eles na Ilha do Marajó um copo personalizado, que você pode levar consigo para casa. Uma pena que eles chegaram dias depois de eu ir embora.

* Essa viagem foi realizada em parceria com as Pousadas Águas do Jalapão, Cristal Dourado e São Félix do Jalapão que forneceram hospedagem durante a expedição pelo Jalapão. Por favor, veja a política do blog para mais informações.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

PLANEJE SUA VIAGEM!

Toda reserva que você faz por um link aqui do blog eu ganho uma pequena comissão, enquanto você não paga nada a mais por isso. E ainda ajuda a manter o Além da Curva no ar, com muitas novidades sempre.

Então, que tal reservar?

Hospedagem com ótimos preços pelo Booking.

Aluguel de quarto ou apartamento pelo Airbnb.

Seguro viagem pela Seguros Promo.

Chip internacional com a Viaje Conectado.

Você pode gostar

8 Comentários

  1. Nossa, que dica maravilhosa. Já ouvi algumas histórias sobre a Ilha de Marajó que sempre me despertaram a curiosidade. Que lugar mais lindo para se hospedar. Realmente a experiência não teria sido a mesma sem o cuidado e o carinho do seu anfitrião Sérgio que compartilhou seu amor pelo lugar. Também quero viver essa experiência.

    1. Oi Lucio, você não irá se arrepender caso visite o Marajó da hospedagem. Sérgio é incrível e o Tucupi Hostel nos traz um quê a mais que só estando lá mesmo para entender.

  2. Tanto ligar lindo no nosso Brasil, hein? Confesso que preciso me dedicar mais ao turismo local e essa dica foi maravilhosa!! Tava procurando destinos diferentes e me deparei com seu post!!!

  3. Que dica boa! Adorei a vibe do local! Parece ser bem tranquila e esse contato com a natureza é essencial p recarregar as energias. Dica anotada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *