Onde ficar em Nova York – dicas de hospedagem

onde ficar em nova york nyc

Nova York é uma cidade cara, já comentei aqui, e escolher onde ficar hospedado por lá não é tarefa fácil.

Resolvi espreitar os laços com vocês, leitores, e passar aqui dicas que alguns me mandaram de onde ficaram, bem como suas impressões.

Não é muito difícil se decepcionar com os preços das hospedagens, ainda mais porque a maior parte dos hoteis bons ou regulares, não tem preços atrativos (por isso falamos sobre fazer escolhas na hora da alimentação também).

Seguros Promo

Onde ficar em Nova York – Hostels

Sem dúvida um quarto compartilhado dentro de um hostel será a hospedagem mais barata que encontrará.

O que é um hostel e como funciona

Se você for adepto desse tipo de hospedagem, poderá economizar em sua viagem para Nova York.

HI (Hostelling International) New York:

onde ficar em nova york
Foto: Divulgação / @hinewyork IG

Um bom padrão da rede HI, mas que pro nosso bolso brasileiro no estado que a cotação do dólar se encontra no país, acaba não sendo muito barato, ainda mais para compartilhar quarto e banheiro, porém para o nível Nova York possui preços um pouco mais atraentes para escolher onde ficar.

Alguns quartos possuem café da manhã incluso na diária e outros não. Ele está localizado a 10 minutos do Central Park.

Diária a partir de: US$ 35.00 (quartos compartilhados) e US$160.00 (quartos privativos).

New York Moore Hostel:

onde ficar em nova york
Foto: Divulgação / @nymoorehostel IG

Ambiente super descolado, numa região que não é tão central mas hoje em dia está super na moda, o Brooklyn.

Melhor época para visitar Nova York

Os preços são um pouco mais atrativos e não possui café da manhã, mas como todo bom hostel, tem uma cozinha para poder fazer sua comidinha em paz.

Diária a partir de: US$ 29.00.

Onde ficar em Nova York – Hotéis

POD Times Square:

onde ficar em nova york

“Achar hotel em Nova York não é uma tarefa fácil, primeiro porque parece que a cidade está sempre lotada e segundo que os hotéis não têm preços muito ‘amigos’.

Na minha busca, acabei optando pelo Hotel Pod Times Square, na verdade ele ainda estava fechado quando reservei, fui com a cara, a coragem e as avaliações de hóspedes de outros hotéis da rede (São mais 3: Pod 39, Pod 51 e Pod Brooklin) durante as minhas pesquisas era a melhor relação custo/benefício.

O hotel inaugurou pouco antes da gente chegar. Como fui no inverno (fev/18) e era a minha primeira vez na cidade, optei por um hotel bem localizado, pra evitar grandes deslocamentos no frio congelante da cidade e assim aproveitar ao máximo a minha estadia.

A localização era excelente, na mesma rua da Estação e terminal rodoviário Port Authority, onde também tem a loja do Carlo’s Bakery. Fizemos praticamente tudo a pé em NY.

Como se locomover por Nova York

Quando reservamos sabíamos que o hotel não oferecia café da manhã, mas todos os dias tínhamos café, chá e leite com muffins à disposição. ♥

Ponto importante: o quarto era bem pequeno, mas confortável, banheiro excelente e tudo bem novinho.”
– Rapha @duasmalasviajantes

Diária a partir de: US$ 169.00.

onde ficar em nova york
Rapha, lindona posando na Times Square

Homewood Suites:

“Hotel mais novo com café da manhã e cozinha, acho que valeu mais a pena. Fizemos três jantares.

Nova York fora do óbvio

Tem carro que pega e leva no aeroporto e a negociação pelo hotel economiza uma boa grana. Para ir embora cheia de mala vale a pena.” @bia_ag

Diária a partir de: US$ 379.00.

Radisson Martinique:

“Fui em setembro de 2016, fiquei no Hotel Radisson Martinique, achei bem caro, mas como tudo em Nova York.

Ele é muito bem localizado na esquina da Broadway com a 32nd ST e o café da manhã era caríssimo, aí eu tomava na lanchonete que tem na frente. Ficamos por volta de 01 semana e fizemos diversos passeios.

Vida noturna em Nova York

Eu fiquei apaixonada por lá, voltaria mais vezes. Achei tudo muito cosmopolita como todo paulistano gosta. Mas a melhor coisa, sem dúvida, foi o espetáculo do Fantasma da Ópera que assisti da segunda fileira. O investimento é alto, entretanto, nunca fiquei tão emocionada com um espetáculo, vale cada centavo.

O bom de lá é que metrô funciona muito bem para todos os lugares, já as acomodações são bem caras, assim como as comidas em geral. E os restaurantes fecham cedo.

Teve um episódio de bomba na semana que estivemos na cidade. Meu Deus! Tudo parou. Fica um trânsito insuportável, polícia para todos os lados e os cidadãos desesperados. Eu fiquei assustada, mas tinha sido alarme falso.

Mas todo mundo deveria conhecer Nova York e seus locais encantadores. Uma das minhas cidades preferidas.” – Giovana Crizol.

Diária a partir de: US$ 208.00.

Toda vez que viajo, minha primeira opção para buscar hospedagem é o Booking.com, um site que é queridinho de muitos outros viajantes também.

Por lá podemos comparar os preços de várias hospedagens, desde um hostel até grandes redes hoteleiras, além de verificar tudo que cada acomodação oferece ao hóspede.

Há muitas opções de hospedagem com cancelamento gratuito, o que, particularmente, eu gosto demais e dou prioridade na hora de realizar minha reserva.

Outra coisa muito bacana, é que quanto mais você reserva por lá, vai conseguindo maiores descontos nas próximas vezes com o programa de fidelidade da Booking, o Genius.

Booking.com

Outra opção muito utilizada e super moderna é o aluguel de casas ou apartamentos, e até mesmo alugar apenas um quarto dentro destes. Tudo varia conforme o perfil do viajante e o quanto ele pode e quer gastar.

Eu utilizo muito do site Airbnb também, um queridinho desse tipo de modalidade.

Já aluguei casa e apartamento inteiro, e também já aluguei apenas um quarto na casa de outras pessoas.

Minhas experiências foram muito positivas, pois sempre leio as avaliações dos hóspedes anteriores e me atento a todas as regras da casa descritas no perfil.

Não esqueça o Seguro Viagem para os Estados Unidos!

Seguros Promo

O seguro viagem é aquele gasto que a gente tem, torcendo para que nunca precise utilizar esse serviço.

A verdade é que podemos passar anos viajando e nunca acontecer nenhuma fatalidade, mas quando menos esperamos, pode acontecer! E a realidade é que não queremos esperar acontecer pra se arrepender de não ter contratado o seguro né?

Podemos ficar doentes durante a viagem, precisar fazer alguma cirurgia às pressas, podemos sofrer algum acidente, nossas bagagens podem ser extraviadas, e tantos outros problemas que torcemos para passar longe da gente.

Mas e se acontecer? Pelo menos você estará assegurado.

Alguns te oferecem assistência médica e seguro em caso de morte acidental, outros além disso oferecem coberturas para cancelamento de viagem, extravio de bagagem, medicamentos, assistência odontológica, repatriação, assistência jurídica e muito mais.

Ainda mais nos Estados Unidos, onde as despesas médicas são caríssimas, pois não há sistema público de saúde! Não dá pra bobear mesmo.

Contratando um bom seguro você terá o pagamento das suas despesas através da seguradora ou de um reembolso, para isso é de suma importância solicitar o relatório médico da internação e/ou atendimento. É importante guardar todas as faturas que forem geradas durante os atendimentos médicos hospitalares na viagem.

No site da Seguros Promo (clicando você garante 5% de desconto com o cupom ALEMDACURVA5) você consegue comparar até 4 planos de diferentes seguradoras com os preços e coberturas do mercado. Empresas com atendimento em português 24 horas por dia, com número de chamada gratuito e aceitação de chamada a cobrar do exterior.

É necessário analisar com calma, pois os preços podem variar muito. Uma consulta médica pode custar US$ 200,00, uma infecção US$ 8.000,00 e uma cirurgia US$ 30.000,00.

Em caso de emergência, entre em contato com a sua seguradora com o número da apólice em mãos.

Se você for gestante ou for praticar esportes, também há opções para te acolher e fazer com que sua viagem seja a mais confortável possível.

Chip de Viagem Internacional

Viaje Conectado

Um chip de viagem faz toda diferença nessa era digital. Poder estar conectado o tempo todo sem depender do Wi-fi dos locais públicos e hoteis é algo que muitos de nós queremos.

Subir aquele stories no Instagram, fazer uma postagem com uma foto linda, tuitar sobre algum causo da viagem, fazer chamada de vídeo com a família que ficou no Brasil, tudo isso requer uma internet boa e estável.

Na Viaje Conectado você pode analisar os planos que estão funcionando para o país a ser visitado e adquirir o que mais se encaixa com a viagem que irá fazer.

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar...

2 Comments

  1. […] as dicas de hospedagem estão nesse post. E as dicas para comer (do barato ao luxo) estão […]

  2. […] Também temos um texto aqui no blog sobre Onde se hospedar em Nova York. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me!