Top 10 capitais brasileiras para visitar quando a pandemia acabar

capitais brasileiras para visitar quando a pandemia acabar

Todos estamos torcendo muito para a pandemia, gerada pelo Covid-19, acabar e aqui deixo uma lista de 10 capitais brasileiras para visitar quando o isolamento não for mais necessário.

Acredito que todos estamos pensando e listando tudo que gostaríamos de fazer pós isolamento (para quem pode ficar em casa) ou pós trabalho duro fora de casa em um momento de crise global.

Viajar com certeza estará em nossas listas e o Brasil tem capitais belíssimas, que servem, inclusive, de ponta pé para visitar cidades menores e muito graciosas.

Separei aqui duas capitais brasileiras de cada região, que conheci e que me proporcionaram viagens incríveis.

Seguros Promo

Região Norte:

Belém/PA

o que fazer em belem do para em 3 dias

Belém é uma das capitais brasileiras que mais amei visitar. Sou brasileira, mas muitas referências do meu dia a dia fogem da nossa cultura, e aqui, nessa cidade, respiramos brasilidade.

Aqui você encontra locais para curtir Carimbó ou Brega Music, uma população muito simpática e de muita fé (inclusive recomendo visitar a cidade na época do Círio de Nazaré), com muitos pontos turísticos e uma culinária ímpar.

Sem dúvidas um dos locais mais famosos e imperdíveis de Belém é o Mercado Ver-O-Peso, onde turistas e locais encontram de tudo um pouco, cachaças, pimentas, artesanatos, refeições completas, castanhas, óleos, ervas naturais, polpas de frutas da região deliciosas, e muito mais.

Do ladinho dali, fica a Estação das Docas, um local mais gourmet, onde pode-se encontrar um ambiente com ar-condicionado para refrescar do calor absurdo que faz na cidade e ver o pôr do sol na cidade.

Fiz um roteiro de 03 dias por Belém do Pará, que você pode ver completo aqui.

Desde uma gastronomia excepcional até ritmos musicais viciantes, o Pará em si é uma aula cultural.

De Belém você pode ir para lugares incríveis dentro do Pará como a Ilha do Marajó, Ilha de Maiandeua, Santarém, Alter do Chão e, inclusive, pode visitar daqui nossa próxima capital, Macapá, no Amapá.

Macapá/AP

o que fazer em macapá

A capital do Amapá sofre por ser uma das capitais com menos incentivo turístico.

E talvez você pense como alguns amigos meu, que me perguntaram: “Mas o que você vai fazer em Macapá?”.

São por questionamentos como esses que eu sinto ainda mais vontade de enaltecer e trazer para meus leitores destinos que, infelizmente, sofrem por não ter tanta visibilidade, sendo deixados de lado em quase todos os roteiros.

Em Macapá, seus principais pontos turísticos são a Fortaleza de São José de Macapá, criada para defender a Amazônia dos franceses e o Monumento do Marco Zero, que simboliza a passagem da linha do Equador no nosso país.

Um dos locais que mais gostei de conhecer foi o Museu Sacaca, que conta a história do Amapá através de sua comunidade, com atividades e objetos muito interessantes.

Visitar Macapá é uma verdadeira aula de história que nem sempre conhecemos a fundo na escola. Principalmente nós, do Sul e Sudeste do Brasil, acabamos por desconhecer tanto.

Tenho um post completo sobre o que fazer em Macapá aqui no blog. Nesse link você ainda pode conhecer muitos outros destinos dentro do Amapá para visitar e que te surpreenderão.

Região Nordeste:

João Pessoa/PB

A terceira capital mais antiga do Brasil tem todo um misticismo por ser o lugar do país onde o sol nasce primeiro, tendo o que chama da “ponta mais oriental do nosso continente”.

Uma das capitais menos conhecidas do Nordeste, mas que conta com praias lindas, como a Praia do Bessa, carinhosamente chamada de Caribessa.

Para mim, os destaques ficam nas piscinas naturais que são paisagens de tirar o fôlego, em águas cristalinas. Você pode fazer passeio tanto para as piscinas naturais do Seixas, do Picãozinho ou Areia Vermelha.

Confesso que tenho um carinho muito grande por João Pessoa e conto tudo aqui pra vocês.

De lá, você ainda pode visitar locais incríveis da Paraíba, como Campina Grande (a cidade do maior São João do mundo), Areia (cidade fofa no brejo paraibano), Cabaceiras e Lajedo de Pai Mateus (cidade minúscula onde foi gravado o filme O Auto da Compadecida e o Lajedo, local místico), além de visitar as praias do litoral sul, bem como Barra de Mamanguape e Baía da Traição, no litoral norte.

E se quiser, de João Pessoa você pode ir até Pipa, também, ou até nossa próxima capital, Recife. A distância entre essas duas capitais brasileiras é a menor do nosso país.

Recife/PE

O que fazer no Recife

Assim como Belém, acho que Recife é uma das capitais mais brasileiras que temos.

A cultura pernambucana aqui é muito forte e muito enaltecida, em cores, sabores, sons e olhares. Recife foi uma linda surpresa para mim.

Para conhecer melhor a história do frevo, esse ritmo musical que embala as ruas dos carnavais de Recife, o melhor lugar é o Paço do Frevo.

Saindo de lá você pode entrar na Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda, outro marco do carnaval pernambuco e que vale muito a pena conhecer.

Recife também é lar das esculturas e colecionáveis da família Brennand. Seja o parque de esculturas, na frente do Marco Zero, ou o Instituto Brennand, um dos 25 melhores museus do mundo, os amantes da arte em geral ficarão bem satisfeitos.

Aqui você encontra um post sobre o que fazer no Recife mais detalhadinho.

A Praia de Boa Viagem não é adequada para banho por perigo de tubarões, mas de Recife você poderá visitar locais como a Praia dos Carneiros e Porto de Galinhas, dois paraísos brasileiros.

Ah, e a carnavalesca Olinda é um ótimo destino para bate e volta, mas sugiro passar ao menos uma noite por ali.

Região Centro-Oeste:

Brasília

capitais brasileiras para visitar quando a pandemia acabar

Não poderia deixar de fora a capital do nosso Brasil, nosso Distrito Federal.

Brasília muitas vezes acaba sendo mal vista para quem não curte política, mas acredito ser um destino importante, tanto histórico, como cultural também.

E a história de Brasília é recente, fazendo com que possamos enxergar tudo que está ali.

É inegável que os principais pontos que conhecemos são os prédios políticos, na esplanada dos Ministérios, com o Congresso Nacional, prédio do STF, Palácio do Planalto e outros.

Mas por lá há parques te esperando para curtir um dia quente, tem o Lago Paranoá e a ponte JK, que até já foi eleita a mais bonita do mundo.

Para quem ama arquitetura, é uma cidade para se deliciar. Só a construção da cidade em si já é uma obra e tanto, mas, ainda bem, não para por aí.

Um dos maiores nomes, Oscar Niemeyer, deixou muitas criações espalhadas por Brasília.

Veja aqui o que fazer em Brasília em 1 (um) dia.

E a partir de lá, você pode conhecer um dos locais mais místicos do país, quiçá do mundo: a Chapada dos Veadeiros.

Goiânia

Ah, Goiânia. Uma capital que me surpreendeu demais. Não imaginava que seria um lugar tão bom de conhecer.

E já deixa falar logo de cara por onde Goiânia me conquistou: pelo estômago! Que delícia de culinária. Uma das maiores formas de conhecermos um local, é experimentando sua comida local. E por lá, não deixem de fazer isso. Tem gosto de comida de fazenda, bem deliciosa mesmo.

Se você gosta de áreas verdes, essa é a sua cidade. São tantos parques, que acho até inviável conhecer todos em uma só viagem.

Se é amante da arte, não pode deixar de conhecer o Centro Cultural Oscar Niemeyer.

O lugar que mais gostei, porém, foi o Memorial do Cerrado, eleito em 2008 o local mais bonito de Goiânia, que conta tão bem a história do cerrado.

E há, ainda, vilas e cidades cenográficas perfeitas, fofas e que nos fazem voltar no tempo. Eu me perdi de paixão por ali, valeu tanto a pena.

Veja aqui o que fazer em Goiânia em 1 dia.

De Goiânia você pode, ainda, conhecer Pirenópolis, um charme de cidade com cachoeiras e também a Cidade de Goiás (Goiás Velho).

Região Sudeste:

Rio de Janeiro

o que fazer na urca rj

A cidade do Rio de Janeiro é o primeiro local que eu quero ir pós pandemia, sem sombra de dúvidas. Tá, sou uma apaixonada maluca por lá, mas ô cidade linda!

O Rio é alegre, colorido, cheio de energia, com paisagens de tirar o fôlego e abraça tanto o turista que quer fazer exercício físico subindo montanhas, quanto o turista que gostaria de sair da praia e ir direto pra um barzinho sem se preocupar com mais nada.

Quer sossego? Você encontra. Quer agito? Vai achar ainda mais fácil.

Praias agitadas, praias tranquilas, museus, trilhas, cachoeiras, parques, bares, botecos, noite agitada, para mim o Rio de Janeiro é completo.

Se ainda não o conhece, visitar cartões postais como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, bem como praias de Copacabana, Ipanema e Barra, e conhecer a tão famosa e boêmia Lapa, são boas pedidas.

Mas não falta praia diferente, como a da Macumba, a praia Vermelha, a Prainha, Praia do Secreto e tantas outras.

Há programa cultural e histórico tanto dentro de locais fechados como o MAR, Museu do Amanhã, CCBB, quanto na própria rua, ao passear pela Pequena África.

E se quiser uma grande calmaria, é só pegar a barca em direção à Ilha de Paquetá. Lá você vai sentir como se o tempo tivesse parado.

Essa é uma das melhores capitais brasileiras que você vai conhecer, pelo menos é essa a sensação que eu tenho. O Rio tem seus problemas e descasos políticos, como tantas outras cidades, mas é uma das mais bonitas também.

Aqui no blog eu tenho inúmeros textos de locais para conhecer no Rio de Janeiro bairro a bairro.

E se a cidade ainda não for o suficiente para você, dá para esticar para Niterói ou até mesmo para a região dos lagos, com locais paradisíacos como Arraial do Cabo, Cabo Frio e Búzios.

São Paulo

capitais brasileiras para visitar quando a pandemia acabar

São Paulo é a cidade onde você encontra de quase tudo, porque praia por aqui ainda não vai estar rolando. Mas assim como Nova York não precisa de mar, São Paulo se vira bem sem ele.

Aqui é o lugar para você viajar para o mundo inteiro pela gastronomia. Fale um tipo de comida que tenha vontade de experimentar e em São Paulo você encontrará.

Quer festa? Seja bem-vindo à uma pluralidade de casas noturnas, com os ritmos mais diferenciados possíveis. Boteco? Barzinho? Balada? Você escolhe. De Vila Madalena à Rua Augusta, as opções são bem variadas.

Mas você gosta mesmo é de arte? São Paulo te desafia. Por aqui você não encontra apenas museus, porque as manifestações artísticas te cercam do minuto em que sair de casa (ou do hotel ou do hostel) e não param mais.

Existem locais como o MASP e o Beco do Batman, que concentram arte, mas na capital paulista, os artistas tomam conta de todo espaço público (não adianta querer pintar um muro de cinza, porque eles revidam).

E se pensar em reclamar que gostaria de verde, te convido à visitar o Parque Estadual da Cantareira e o Parque do Ibirapuera. No primeiro você vê São Paulo quase inteira, de cima. No segundo, você tem uma área imensa de natureza para relaxar, curtir e tirar fotos.

Aliás, locais fotogênicos por São Paulo, não irão faltar. Aqui no blog tenho vários posts sobre essa cidade tão amada por essa pessoa que vos escreve.

De São Paulo, você pode fazer um bate e volta na pequena vila de Paranapiacaba, com suas lendas macabras ou para a charmosa Embu das Artes.

Ainda dá para visitar Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga ou São Francisco Xavier.

Pode ir para alguma praia deliciosa do nosso litoral, como Ilhabela, Ubatuba, Ilha do Cardoso, dentre tantas outras ou aproveitar muita aventura com as cavernas do PETAR.

Região Sul:

Curitiba

roteiro de 3 dias em Curitiba

A capital do Paraná é um destino incrível de se conhecer, ela me lembra algumas cidades do interior de São Paulo que cresceram, ao mesmo tempo em que ela traz uma bela modernidade, que só uma grande capital tem.

Dentre seus pontos turísticos, o que não falta são áreas verdes das mais bonitas para conhecermos.

O Jardim Botânico, por exemplo, é o cartão postal da cidade e faz jus à isso, o espaço é lindo demais. O Bosque Alemão nos faz entrar dentro de uma das histórias mais conhecidas: João e Maria. É encantador!

E ainda temos a UNILIVRE, o Memorial da Imigração Ucraniana e o Parque Tanguá, que, aliás, é um ótimo local para ver o pôr do sol.

Se você gosta de programas culturais, Curitiba é uma cidade e tanto. Dentro dos próprios parques já conseguimos encontrar informações riquíssimas sobre a natureza, o ser humano, populações e arquiteturas.

O Museu mais icônico com certeza é o MON, projetado por Oscar Niemeyer, com obras permanentes e itinerantes de nomes como Tarsila do Amaral, Helena Wong, Cândido Portinari e muitos outros.

Sem falar da Ópera de Arame, outro cartão postal, que é um lugar espetacular, que é palco para todo tipo de performance, da popular à clássica.

E do Museu do Holocausto, um espaço que eu não imaginava encontrar na capital do Paraná.

E se quiser comer bem, Curitiba possui locais excelentes, seja no seu Mercado Municipal, seja em redes grandes bem famosas ao redor do mundo.

Aqui no blog tenho um roteiro de 3 dias em Curitiba, o que considero o tempo mínimo para poder conhecer essa cidade.

E se quiser visitar outros locais, de Curitiba você consegue fazer o passeio de trem mais requisitado do Brasil: para Morretes. E, na ânsia pelo litoral, vá para a Ilha do Mel.

Florianópolis (Floripa)

o que fazer em florianopolis

A nossa última capital dessa lista é uma das que mais me surpreendeu. Eu tinha um certo preconceito com o Sul do país e achava que não iria curtir tanto visitar Floripa. Pois bem, paguei minha língua! Ainda bem.

Acho que viajar é uma das maiores ações da minha vida, no termo de ampliar visão de mundo e parar de julgamentos.

Florianópolis é linda, tem uma vibe super gostosa e comporta tanta gente diferente. Eu não vejo a hora de voltar pra lá.

A ilha da magia, como é carinhosamente chamada, precisa de um tempo grande para conhecê-la de cabo a rabo.

Eu mesma só consegui focar no lado leste da ilha, nos 04 dias que tive. O trânsito é algo complicado, então a dica é você escolher um ponto estratégico para se hospedar.

Se é natureza que você busca, é natureza que você irá encontrar. As paisagens de Florianópolis são de tirar o fôlego, com praias paradisíacas, piscinas naturais, dunas, montanhas, lagoas, parques e mirantes.

É uma sensação muito boa passear por Floripa e ver aquele tanto de verde nos rodeando.

Inclusive, da ilha de Florianópolis, você pode ir para a Ilha de Campeche, que é um paraíso natural a parte.

Claro, tem a parte mais industrial, com prédios altos e shoppings, mas eu acredito que a beleza de uma capital como essa, é justamente essa conexão com a natureza.

E se você gosta de luxo, com certeza encontrará muitos locais para curtir, enquanto se você quer economizar ou prefere algo mais roots, também, facilmente, achará locais e pessoas para curtir muito.

Aqui no blog tenho um posto sobre o que fazer no leste da ilha de Florianópolis, para nortear um pouco sua visita.

E se quiser partir para outras cidades em Santa Catarina, você pode visitar Garopaba, Bombinhas, Balneário Camboriú, Pomerode, Blumenau e, claro, se divertir no Parque Beto Carrero World.

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva entre blogs de viagens, com o tema: TOP 10. Então bora conferir o que outros blogueiros elencaram em seus top 10:

Destinos por onde andei… – Top 10 países incríveis para recordar
Experiência Barbara – Minhas Top 10 experiências bárbaras!
→ Vamos Por Aí – 10 Cidades para viajar para Europa no inverno
Expedições em Família – Top 10 cidades da Estrada Real
Uma Viagem Diferente – Top 10 Lugares Para Ver São Paulo do Alto
6 Viajantes – Top 10 atrações imperdíveis da Disney em Xangai
Viajante Móvel – Séries de Viagem no Netflix-Top 10 para maratona
Across The Universe – 10 atrações para curtir em Brasília com crianças
Let’s Fly Away O que fazer em Petrópolis – top 10 imperdível para o seu roteiro
Pelo Mundo com Manu Top 10 Destinos Capixabas Incríveis 
Mystras Top 10 pelo mundo
Entre Mochilas e Malinhas Top 10 lugares para curtir a natureza com as crianças
MEL a Mil Pelo Mundo – Dicas de restaurantes em Madrid – 10 lugares imperdíveis
Me Leva Viajar – Top 10 filmes sobre viagens na Netflix!
Dani Turismo – Top 10 destinos incríveis
Chicas Lokas na Estrada – 10 cidades que você precisa conhecer em Minas Gerais

Gostou desse post? Salve essa imagem no Pinterest para não perder as dicas!

Você pode gostar

26 Comentários

    1. Adorei o post, você escolheu muito bem as capitais, são lugares lindo. Quero muito conhecer Florianópolis, não imaginava que teria tantos lugares lindo pra conhecer. Valeu pelas dicas!

    1. Então, sou de São Paulo e fui viajar pelo Pará. Dai paguei 150,00 ida e volta para o Amapá saindo de Belém, foi a chance que encontrei para conseguir conhecer esse local que acaba sendo mais distante para nós.

  1. Excelente post para planejarmos a próxima viagem depois de sairmos do confinamento. Adorei rever Recife, onde morei. O carnaval de lá é simplesmente demais!! Mas foi legal ler sobre Macapá também, uma capital pouco visitada. Agora ficamos com vontade de conhecer. Parabéns pelo post.

  2. Achei o máximo você incluir Macapá nela. Um destino muito interessante e pouquíssimo explorado pelos turistas. Morei 3 anos na capital do Amapá. Conheço todas essas capitais da sua lista top 10 e concordo com a sua escolha. Show essa lista!

  3. De todas as capitais que você mencionou, eu só não conheço Macapá, que deve ser bem interessante, mas, vendo seu post vi que não conheço vários pontos de várias cidades hahaa, já quero voltar para várias delas. Boas dicas!

    1. O Brasil é cheio de cidades lindas né?Gostei muito de suas escolhas, preciso urgente de conhecer a região Norte e já anotei as dicas

      1. Muito obrigada Carol! A Região Norte é linda, consegui conhecer três Estados de lá no ano passado, mas ainda faltam mais 4, que espero em breve ter a oportunidade.

  4. Gostei demais da sua lista de capitais que devemos conhecer após a pandemia. De fato, a maioria delas é pouco conhecida e explorada. Eu mesma ainda não conheço Belém, Macapá, João Pessoa, Brasília e Goiânia. A última já estava agendada. Ótimas dicas!

  5. O Brasil é demais e temos muitos lugares incríveis para visitar após a pandemia. Já salvei o post porque tem algumas dessas capitais que eu ainda não conheço.

  6. Que post bacana e abrangente sobre as capitais brasileiras! Algumas são super conhecidas turisticamente, como Florianópolis ou Rio de Janeiro, mas nunca tinha pensado em visitar Macapá, por exemplo. O Brasil é mesmo lindo e tão cheio de contrastes, não é mesmo?

  7. O nosso Brasil é lindo demais! Além de Belém, fui a Ilha de Marajó e Algodoal, voltei apaixonada pelo Pará.
    Já estou curiosa pelo Macapá, que confesso, não entrou na minha lista dos desejos pelo memso motivo que você citou: há pouco incentivo turístico no local.

    1. Ah, Marajó é mu xodó do Pará, amei demais conhecer a ilha! Macapá eu fui por encontrar um bom preço saindo de Belém do Pará e aproveitei. Mas confesso que estando lá, me deu muita vontade de voltar para explorar o interior do Amapá.

  8. Só conheço a metade das capitais brasileiras que você citou em sua lista de Top10.
    Amei as que conheci e tenho certeza de que vou ficar bem feliz quando puder conhecer as outras também.
    Aguardando ansiosa aqui para que a quarentena passe logo, pra poder desbravar o Brasil e o mundo novamente.
    Amei sua lista e as fotos estão incríveis. Beijos.

  9. O Brasil é muito lindo! Ainda me falta conhecer muita coisa. Norte não conheço nada e nordeste nem metade. Mas suas dicas estão ótimas!

  10. ah o Norte! como tenho vontade de explorar essa região do Brasil, tão desconhecida por nós aqui em casa! Adorei as sugestões!!!

    1. Nossas lindas capitais brasileiras. Não vejo a hora de a pandemia acabar e a gente poder apreciar e visitar, não só virtualmente, as belezas que nosso país possui!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *