O que fazer em Buenos Aires: Bosques de Palermo

O que fazer em Buenos Aires em 3 diasO que fazer em Buenos Aires em 3 dias Bosques de Palermo

Em nosso segundo dia de visita à Buenos Aires, resolvemos fazer os Bosques de Palermo e o museu MALBA, foi bom separar um dos nossos 3 dias para esses lugares. Foi a parte que mais me agradou.

Os parques são conhecidos como Bosques de Palermo ou Parque Tres de Febrero.

O QUE FAZER EM BUENOS AIRES EM 3 DIAS – BOSQUES DE PALERMO

  • Jardim Botânico Carlos Thays:Eu sou apaixonada por jardins botânicos e o da Argentina não deixou a desejar, também me encantou muito.
    Declarado Patrimônio Histórico Natural, contém mais de 5000 espécies divididas de acordo com o estilo: romando, oriental e francês. Além de encontrarmos por lá a Escola Municipal de Jardinagem, uma biblioteca e muitas esculturas espalhadas.
    Cheguei até ele pela linha verde do metrô, descendo na estação Plaza Italia.
    É gratuito e espere caminhar bastante. Leve água para se hidratar.
  • El Rosedal:Um jardim com tantas rosas que até mesmo quem não é romântico fica um pouquinho mais doce.
    Foi declarado Patrimônio Cultural da Cidade e, aparentemente, mesmo se visitar no inverno, terá a chance de encontrar algumas flores.
    No lago existem pedalinhos que você pode alugar para passear.
    Pegamos um Uber do Jardim Botânico até o Rosedal, mas se você curtir fazer caminhadas, eles estão a 30 minutos de distância a pé um do outro.
    A visita é gratuita e repleta de lugares lindos para fotografar.
  • Jardim Japonês:Criado pela comunidade japonesa de Buenos Aires, esse é o lugar que mais me surpreendeu. Pois quando pesquisei na internet sobre lá, vi relatos de pessoas contando como amaram passear ali mas nada me chamou muito a atenção.
    Incrível como pisando no jardim a atmosfera me envolveu e me fez ficar apaixonada por esse cantinho.
    Por lá existe um restaurante, mas acabamos não visitando.
    Dizem ser o maior Jardim Japonês fora do Japão, os lagos são habitados por carpas e achei a riqueza nos detalhes impressionante.
    Cada atenção dada em cada cantinho do parque faz valer e muito a recomendação. É tudo muito bem cuidado, a Gi, que é uma asiática de coração, ficou apaixonada e não queria ir embora dali.
    Fui caminhando do Rosedal até o Jardim Japonês, é bem pertinho.
    O ingresso custa $ 150 pesos.
  • Planetário: infelizmente não conhecemos, mas como você são mais espertos, irão visitá-lo e me contar como foi!

MALBA – Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires:

Na época em que visitei o museu, sua maior exposição era México Moderno Vanguardia y Revolución, com obras de Frida Kahlo e Diego Rivera, entre outros.

Essa é a casa da famosa obra de arte Abaporu da brasileira Tarsila do Amaral. Porém ela acaba rodando muito e estava no Brasil quando visitei Buenos Aires, que desencontro!

Custa $ 170 pesos para entrar, sendo que de Quarta-feira o preço cai para $ 85 pesos. No site oficial do MALBA você pode ver horário de abertura e de visitas guiadas.

Para chegar fomos a pé do Jardim Japonês.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*
AT 60 INTER AT 60 INTER Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 38/dia*

PLANEJE SUA VIAGEM!

Toda reserva que você faz por um link aqui do blog eu ganho uma pequena comissão, enquanto você não paga nada a mais por isso. E ainda ajuda a manter o Além da Curva no ar, com muitas novidades sempre.

Então, que tal reservar?

Hospedagem com ótimos preços pelo Booking.

Aluguel de quarto ou apartamento pelo Airbnb.

Seguro viagem pela Seguros Promo.

Chip internacional com a Viaje Conectado.

Você pode gostar

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *